BUSCAR
BUSCAR
Folia
Principais polos carnavalescos do RN cancelam festejos deste ano
Certeza é que o carnaval de 2021 não acontecerá em fevereiro, previsto entre os dias 13 a 16. Cidades Natal, Parnamirim, Mossoró, Tibau do Sul, Areia Branca, Currais Novos, Macau, Caicó confirmaram que não promoverão as atividades alusivas ao carnaval, segundo levantamento do Agora RN. Apenas São Miguel do Gostoso ainda não definiu
Elias Bernardo
19/01/2021 | 09:48

Após a virada de ano, geralmente começam os preparativos dos foliões, blocos, comerciantes e claro das prefeituras para o carnaval. Este ano, diante da pandemia da Covid-19, a festa está cancelada em Natal e em mais oito municípios do Estado, que tradicionalmente realizavam eventos carnavalescos. O objetivo é tentar evitar as aglomerações e maior proliferação do novo coronavírus.

A certeza é que o carnaval de 2021 não acontecerá em fevereiro, previsto para os dias 13 a 16. As cidades Natal, Parnamirim, Mossoró, Tibau do Sul, Areia Branca, Currais Novos, Macau, Caicó confirmaram que não acontecerão as atividades alusivas ao carnaval, segundo levantamento do Agora RN. Até o momento, apenas a São Miguel do Gostoso ainda não definiu se cancelará as festas deste ano.

NATAL

A atividade carnavalesca está cancelada desde dezembro do ano passado na capital potiguar. Conforme o decreto fica terminantemente cancelada a realização do Carnaval de 2021, bem como dos shows e eventos realizados neste período, e que iriam provocar aglomerações, contribuindo para o aumento de casos de COVID-19 e as consequências nocivas e nefastas dessa patologia que tantos males e sofrimentos tem proporcionado à população desta Cidade, do Brasil e do mundo. Apenas em Natal, de acordo com um estudo realizado pelo Observatório de Turismo do RN e coordenado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern Natal), 597.500 pessoas participaram da festa em 2020, fazendo circular cerca de R$ 71 milhões na economia natalense em 2020. O número de presentes durante o evento aumentou 4% em relação a 2018 e os valores em circulação cresceram 16%.

PARNAMIRIM

De acordo com o decreto publicado no dia sete de dezembro de 2020, está cancelada a realização do Carnaval em 2021, assim como todo e qualquer show ou evento realizado neste período, público ou privado, que possam causar aglomeração de pessoas.

MOSSORÓ

Mesmo sem a tradição de festas carnavalescas, a prefeitura de Mossoró também informou que não terá carnaval na cidade devido a pandemia, e mesmo que não houvesse a questão de saúde pública, nem mesmo assim haveria investimento neste tipo de evento, em vista que o município decretou estado de calamidade administrativa e financeira, após a posse do novo gestor.

TIBAU DO SUL

Um dos destinos mais procurado por veranistas e turistas, nesta época do ano, também não haverá festas por parte do município devido a pandemia da Covid-19, além da vigência do decreto estadual e municipal que proíbe aglomerações. Conforme a Secretaria de Serviços Urbanos da cidade, algumas ações durante o verão serão realizadas para evitar aglomerações no período carnavalesco, assim como as barreiras sanitárias e divulgação e conscientização de dados do novo coronavírus pela cidade.

AREIA BRANCA

A Prefeitura de Areia Branca publicou no dia 08 de janeiro um Decreto Municipal 002/2021 prorrogando até o dia 22 de fevereiro as medidas de saúde para enfrentamento do novo Coronavírus (COVID-19). Com isso, estão cancelados o Carnaval e a realização do tradicional Campeonato de Futsal de Blocos que ocorre há mais de 20 anos, antecedendo a festa carnavalesca. Os shows e eventos com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes públicos ou privados, inclusive em clubes sociais e hotéis, independentemente do número de participantes, permanecem suspensos até o dia 22 de fevereiro.

CURRAIS NOVOS

Conforme divulgado pela secretaria de turismo da cidade, os eventos carnavalescos estão suspensos e proibido a realização de eventos, festas e shows no período. Tradicionalmente acontecia o Arrastão do Boi, onde a Prefeitura financiava bandas num palco central para a folia da população e devido a Pandemia a festa está cancelada.

MACAU

Um dos carnavais mais dispendiosos do estado, está cancelado em Macau devido a pandemia e devido a situação financeira do município manter a festividade. Uma das programações mais conhecidas da folia na cidade é o arrastão do mela-mela, acompanhado por trios elétricos. A programação rivaliza com o Carnaval de Caicó, considerado o “maior carnaval” do Rio Grande do Norte.

CAICÓ

O prefeito de Caicó, Dr. Tadeu, disse que definitivamente, o carnaval não vai acontecer em fevereiro, mas avalia realizar a festividade em outra data de 2021, após a vacina da covid-19. “A gente tem que ter responsabilidade sanitária. Eu como profissional de saúde, tenho que agir assim e ainda mais como prefeito”, disse. Sobre a possibilidade de realizar as festividades de Momo em outro momento, a exemplo do que está sendo anunciado por outras cidades e estados, Dr. Tadeu, disse que não descarta. “Nada nos impede de quando houver o controle da doença, a gente se programe para fazer o carnaval em outro período. Eu vou chamar os empresários que atuam no carnaval, que promovem eventos, os blocos de rua, proprietários de restaurantes, pousadas, todos os que atuam no evento para discutir essa questão”, afirma. O gestor lamenta do ponto de vista econômico, pois, no período de festa carnavalesca, a arrecadação do Município, aumenta. A cadeia econômica local inteira se beneficia com os eventos. “A gente sabe da importância do carnaval para Caicó e para o Rio Grande do Norte. Nós vivemos de Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e esse momento seria muito bom do ponto de vista de arrecadação por parte da Prefeitura. No carnaval, as pessoas têm acesso ao emprego e à renda que fica o ano inteiro, mas, infelizmente, em fevereiro, a gente não vai conseguir realizar o carnaval”.

SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

De acordo com a Secretaria de Turismo do município o evento está indefinido, pois ainda haverá uma reunião de planejamento com a nova gestão do prefeito reeleito, Renato de Doquinha. Diante do cenário da doença no Rio Grande do Norte, o Governo do RN reforça que permanece em vigor o decreto publicado no dia nove de dezembro de 2020, que suspende a realização de eventos promovidos ou patrocinados pelo Estado que impliquem em aglomeração de pessoas, a exemplo de eventos corporativos, técnicos, científicos, convenções, shows ou qualquer outra modalidade de evento de massa. O decreto também recomenda aos Municípios a adoção de medidas necessárias para a suspensão de shows e eventos públicos ou privados de massa, bem como o carnaval.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.