BUSCAR
BUSCAR
Manifestação
Pressionado, Bolsonaro adota discurso ameno em ato de apoio a seu governo
'Nenhuma faixa, nenhuma bandeira que atende contra nossa Constituição', disse o presidente da República
Redação
18/05/2020 | 04:55

Pressionado pela crise na área de saúde e ameaçado de impeachment, o presidente Jair Bolsonaro participou neste domingo (17) de um ato de apoio ao seu governo, em Brasília. Da rampa do Palácio do Planalto, Bolsonaro posou para fotos com 11 de seus 22 ministros, cantou o Hino Nacional e adotou um discurso ameno em uma transmissão ao vivo do ato. “Nenhuma faixa, nenhuma bandeira, que atente contra nossa Constituição, contra o Estado de Direito”, disse o presidente durante a transmissão, em relação aos manifestantes.

O comentário marca uma diferença em relação à postura adotada em atos anteriores, como o do dia 19 de abril, quando Bolsonaro participou de manifestação contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso, em frente ao Quartel General do Exército.

Ontem, em frente ao palácio, centenas de pessoas empunhavam bandeiras do Brasil e faixas de apoio ao presidente. Mas algumas delas também traziam provocações, como “Nossa bandeira jamais será vermelha”, em referência aos partidos de esquerda, e “Cloroquina já”, em defesa do uso do medicamento no tratamento de infectados com a Covid-19. Havia ainda um caixão com o nome do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro.

Bolsonaro chegou à rampa acompanhado de ministros e de um dos filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) também apareceu depois no local.

Para inflamar os manifestantes, ele ergueu os braços de vários ministros, como se os estivesse apresentando ao público pela primeira vez. Após fazer uma transmissão ao vivo em suas redes sociais, Bolsonaro pegou no colo uma criança, vestindo roupa completa do Batalhão de Choque da Polícia Militar de Minas Gerais.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.