BUSCAR
BUSCAR
Declaração
Presidente da ALRN parabeniza ministro potiguar pela posse na presidência do TST
Emmanoel Pereira tomou posse como presidente do Tribunal Superior do Trabalho
Redação
21/02/2022 | 13:39

O deputado estadual e presidente de Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira (PSDB), usou o horário destinado aos oradores para destacar, em nome de todos os parlamentares, a Moção de Congratulações ao ministro Emmanoel Pereira, que tomou posse como presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para o biênio 2022-2024. A declaração foi dada na última quinta-feira (17).

“Nosso reconhecimento indelével ao ministro potiguar que sempre atuou no exercício da função pública pensando no coletivo, sempre atuando de forma firme, garantindo o pleno direito de defesa das partes. Não temos dúvida de que, como presidente, conseguirá superar todos os desafios, mantendo diálogo aberto e fraterno com as instituições democráticas, conduzindo a corte com exemplar firmeza, serenidade e transparência, baseado nos valores republicanos que o orientam. O Rio Grande do Norte reconhece a força e a vivacidade de seu nome, bem como seu legado de progresso e eficiência”, destacou o presidente Ezequiel Ferreira.

Emmanoel Pereira nasceu em Natal, é bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e atuou na advocacia durante 20 anos. Durante sua trajetória, foi Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, vice-presidente da Comissão de Relações Internacionais, membro efetivo da Comissão de Prerrogativa para o exercício da advocacia e membro efetivo do Órgão Especial do Conselho Federal da OAB, no biênio 2000-2002.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.