BUSCAR
BUSCAR
Coronavírus
Prefeitura de Natal detalha ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19
Serviços de saúde de Natal atuam nas ações de enfrentamento à Covid-19. Prefeitura Municipal do Natal abriu diversas frentes para atender o público
Redação
23/12/2020 | 08:07

Os três Centros de Enfrentamento à Covid-19 de Natal atenderam mais de 35 mil pessoas desde julho. As unidades em funcionamento na capital potiguar prestam importante serviço para conter a transmissibilidade do coronavírus ao reduzir a ida de pessoas com sintomas leves aos serviços de urgências ou hospitais, assim atuando na identificação precoce dos casos de infecção pela doença.

O serviço dos centros de atendimento já permitiu que mais de 50 mil pessoas passassem pela testagem da Covid-19. A ação atua para manejo adequado das pessoas que apresentam sintomas de síndrome gripal (SG) e de infecção pelo novo coronavírus.

Com a atuação das unidades, a proposta é que o serviço componha o fluxo de cuidado na Rede de Atenção à Saúde (RAS), atendendo os casos leves e encaminhando os casos graves para a rede de urgência e emergência ou rede hospitalar.

Em Natal, os Centros de Enfrentamento à Covid-19 estão instalados no Ginásio Nélio Dias, na Zona Norte; no Centro de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure), na Zona Oeste; e no Palácio dos Esportes, na Zona Leste.

De acordo com a prefeitura, a medida se faz necessária em razão da procura crescente da população. O espaço físico dos Centros de Atendimento — instalados em ambientes amplos e abertos — é bem arejado e limpo, permitindo que o serviço de clínica médica aconteça de acordo com as regras de biossegurança, bem como assegura o distanciamento mínimo entre o profissional da saúde e o paciente. Além disso, todos os profissionais que atuam nestes locais trabalham fazendo uso de máscaras cirúrgicas para receber os usuários sintomáticos respiratórios logo na porta de entrada.

Dentro do centro de atendimento, o paciente passa por uma triagem de enfermagem, onde é verificado temperatura, pressão, oxímetro, peso, altura e é preenchido um formulário com todos os dados do paciente. Depois disso, o paciente é encaminhado para o atendimento médico, que pode requisitar a testagem de swab (RT/ PCR) e a prescrição de medicamentos, que é entregue ao pela farmácia instalada no local.

ATENDIMENTOS NO HOSPITAL DE CAMPANHA

O Hospital de Campanha de Natal foi inaugurado em 4 de maio deste ano. A unidade de saúde já atendeu quase mil pessoas ao longo dos últimos meses. A taxa de alta hospitalar ultrapassa os 80%.

A unidade tem 120 leitos hospitalares para atendimento do público. Vale lembrar que o hospital funciona como “unidade de porta fechada”. O paciente atendido no local precisa ter sido encaminhado por uma Unidade Básica de Saúde, os Centros de Enfrentamento à Covid-19 ou as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Os pacientes são acompanhados diariamente por uma equipe multidisciplinar de 450 profissionais entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, bioquímicos, assistentes sociais, técnicos de enfermagem, engenheiros clínicos, técnicos de laboratório, técnicos em radiologia e auxiliares de farmácia.

O hospital atua com 100 leitos de enfermaria e outros 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os pacientes internados em vagas críticas têm monitores cardíacos, bombas de infusão e estrutura para hemodiálise. Além disso, a unidade hospitalar também conta com o serviço de tomografia, laboratório, farmácia, sala de assistência social e necrotério. O Hospital de Campanha também oferta serviços de auriculoterapia, massoterapia, relaxamento e Reflexologia.

ATENDIMENTO BÁSICO COM HORÁRIO ESTENDIDO

Desde o início da pandemia, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) são referência para acompanhamento de casos leves para casos leves da Covid-19. O serviço serve para a identificação precoce e encaminhamento rápido dos casos graves aos serviços de urgência para Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e hospitais. Para melhorar o atendimento ao público, os serviços das UBS tiveram o horário de funcionamento estendido em toda a Natal.

Cada distrito sanitário da cidade do Natal dispõe de duas unidades básicas com funcionamento em horário estendido, das 7h às 19h ou das 8h às 20h. A população pode contar com a USF Panatis e USF Vale Dourado no Distrito Norte II, UBS São João e USF Brasília Teimosa no Distrito Leste, USF Felipe Camarão 2 e USF Bom Pastor no Distrito Oeste e USF Rosângela Lima e UBS Nova Descoberta no Distrito Sul. ODistrito Norte I passa a atender da mesma forma com a UBS Pajuçara e USF Nova Natal.

Na rede de urgência existem 52 leitos especializados, sendo 15 destes em sala vermelha com suporte para ventilação mecânica: UPA Satélite (3 leitos em sala vermelha e 8 leitos em sala amarela), UPA Esperança (5 leitos em sala vermelha e 10 leitos em sala amarela), UPA Potengi (3 leitos em sala vermelha e 8 leitos em sala amarela), UPA Pajuçara (3 leitos em sala vermelha e 8 leitos em sala amarela) e Hospital dos Pescadores (1 leito em sala vermelha e 3 leitos em sala amarela).

Além do atendimento clínico, a Secretaria Municipal de Saúde adotou, de forma pioneira, um programa de tratamento precoce da Covid-19. Em Natal, os pacientes com sintomas da doença, após passarem pelo atendimento médico, recebem medicamentos para a profilaxia do novo coronavírus. A prescrição médica indica o uso de ivermectina, hidroxicloroquina

MONITORAMENTOS DOS CASOS DE COVID-19

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS) iniciou o monitoramento dos casos via telefone, com ligações diárias aos pacientes que testam positivo e ficam em isolamento domiciliar. O intuito é de monitorar os sintomas.

O serviço de rastreamento é de responsabilidade das Unidades Básicas de Saúde dos municípios, sendo uma recomendação do Ministério da Saúde. Atualmente, o Departamento de Atenção Básica (DAB) da SMS Natal desenvolve esse trabalho de acompanhamento aos pacientes notificados pela Covid-19.

O monitoramento é feito com algumas informações contidas na ficha de notificação preenchida nas unidades; e alerta para indivíduos que podem passar pelo setor com envio de códigos ou solicitação de dados financeiros durante as ligações.

A plataforma utilizada é o Sistema de Atenção e Vigilância em Saúde, que dispõe de alguns dados que podem ser solicitados ou confirmados no momento das ligações: nome completo, CPF, e endereço, por exemplo.

Em junho passado, a Secretaria de Saúde promoveu ações de testagem em massa para detecção de pessoas infectadas com a Covid-19. Ao todo, foram realizados 11.624 testes, em esquema de drive thru, em postos montados na Arena das Dunas, na Zona Sul de Natal, e no Ginásio Nélio Dias, na Zona Norte.

Na Arena das Dunas, foram feitos 5.425 exames, sendo 924 positivos e 4.501 negativos. Já no Nélio Dias foram feitos 6.199, testes, sendo 1.345 positivos e 4.844 negativos. Todos os casos positivos foram encaminhados para unidades de atendimento de casos de Covid-19.

FISCALIZAÇÃO DE AGLOMERAÇÕES

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) iniciou ação educativa e fiscalização no intuito de combater as atitudes que agem contra as normas legais de prevenção ao contágio pelo Covid-19. Com o decreto nº 12.116/2020, publicado em edição extra no Diário Oficial do Município (DOM) da sexta-feira (04), a Prefeitura do Natal age no sentido de proteger a população fiscalizando mais intensamente lojas, bares e restaurantes de Natal.

As Guarnições do Grupamento de Ação Patrimonial da Guarda Municipal do Natal (GMN) atuam para impedir aglomerações, conscientizar a população para o uso de máscaras e garantir o distanciamento social da população. Nos últimos dias, mais de nove mil máscaras foram distribuídas em Natal.

 Apesar de a estrutura montada pela Prefeitura do Natal para casos de Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde aponta que as medidas de prevenção biossanitária devem ser mantidas pela população.

Os integrantes do Comitê Científico de Enfrentamento à Covid-19 em Natal mostraram que em novembro houve aumento significativo no número de casos na capital e isso requer da população mais cuidados e medidas de higiene, como o uso de máscaras, distanciamento social e o uso do álcool em gel.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.