BUSCAR
BUSCAR
Débito

Prefeitura de Mossoró acumula dívidas que passam dos R$ 855 milhões

Prefeito terá de gerir município que acumula passivo de R$ 250 milhões apenas com fornecedores e prestadores de serviço. Orçamento municipal para 2021 é de R$ 600 milhões
Redação
29/01/2021 | 07:35

A prefeitura de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, acumula R$ 855 milhões em dívidas deixadas pela gestão da ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP). O novo gestor municipal, Allyson Bezerra (Solidariedade), terá dificuldades para comandar o município no primeiro ano de mandato. O orçamento mossoroense para 2021 está previsto em R$ 600 milhões.

Segundo a prefeitura de Mossoró, que divulgou as informações em coletiva de imprensa nesta quinta-feira 28, cerca de 60% das dívidas deveriam ter sido pagas em 2020. Com isso, mesmo que o prefeito utilize todo o orçamento municipal deste ano para pagar as dívidas da cidade, ainda restará um passivo de quase R$ 160 milhões.

Prefeito de mossoró decreta estado de calamidade financeira e administrativa
Prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) - Foto: Reprodução

Do débito total, o município aponta que R$ 262 milhões são devidos para fornecedores e prestadores de serviço. Outros R$ 233 milhões são de dívidas com o Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (PREVI-Mossoró). “É uma situação complexa e que nos deixa numa situação relativamente delicada”, o secretário de Planejamento Frank Felisardo.

A prefeitura informou ainda que há um passivo de R$ 16 milhões com salários atrasados. A gestão anterior não pagou o 13º de 2020 para parte dos servidores. Segundo o chefe de Gabinete, Kadson Eduardo, apesar de a Prefeitura de Mossoró estar em grave situação financeira, a expectativa é publicar até 22 de fevereiro o calendário de pagamento dos salários atrasados dos servidores, bem como o passivo com fornecedores e prestadores de serviço.

Composição da dívida da prefeitura de Mossoró:

  • Fornecedores e prestadores de serviços: R$ 252.146.307,52
  • Instituto de Previdência de Mossoró: R$ 233.168.328,03
  • INSS: R$ 91.469.986,89
  • Caern e Cosern: R$ 41.630.409,61
  • Dívidas judiciais: R$ 20.121.212,45
  • Salários: R$ 16.701.509,61
  • Precatórios: R$ 10.965.659,00
  • Abatedouro Frigorífico Industrial : R$ 12.000.517,98
  • Pasep: R$ 7.552.513,68
  • Bancos: R$ 169.031.829,63
  • Total da dívida: R$ 855.012.292,97

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Professores decidem manter greve nas UFs após nova negociação
A paralisação já dura dois meses e alcança 61 instituições
15/06/2024 às 09:44
Lula defende taxação dos super-ricos e combate à fome na OIT
Presidente participa na Suíça de evento sobre Justiça Social
13/06/2024 às 15:53
Lulu Santos é internado em hospital após passar mal e shows são cancelados
Cantor foi internado e ficará em observação por dois dias
08/06/2024 às 18:13
STF marca para dia 12 julgamento sobre correção do FGTS
Discussão foi interrompida em novembro do ano passado
03/06/2024 às 12:14
Governo Central tem superávit primário de R$ 11,1 bilhões em abril
Resultado fica abaixo da expectativa de especialistas
28/05/2024 às 14:46
IBGE: calamidade prejudica coleta de preços para cálculo da inflação
Instituto precisou imputar preços de hortaliças e verduras
28/05/2024 às 12:12
Renegociação do Desenrola Fies termina na próxima sexta-feira
Até o dia 15, haviam sido renegociados mais de R$ 12,92 bilhões
27/05/2024 às 16:07
Nível do Guaíba em Porto Alegre volta a ficar abaixo dos 4 metros
Defesa Civil municipal alerta para risco de mais chuvas
27/05/2024 às 15:23
Auxílio Reconstrução: famílias devem confirmar dados a partir de hoje
Até o momento, estão contemplados com o auxílio 369 municípios gaúchos
27/05/2024 às 13:27
Magda Chambriard toma posse como presidente da Petrobras
Ela assumiu logo após ser eleita pelo Conselho de Administração
24/05/2024 às 12:12
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.