BUSCAR
BUSCAR
Política

Álvaro Dias diz que governadora retarda obras na malha viária de Natal

Prefeito da capital potiguar afirma que o Governo do Estado atrasa obras de propósito
Redação
09/07/2024 | 09:22

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (Republicanos), disse nesta segunda-feira 8 que a governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), retarda obras na malha viária da capital potiguar de propósito. O chefe do Executivo municipal participou de um protesto a favor da liberação da engorda de Ponta Negra por parte do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).

“A gente vê a intenção deliberada do PT de atrapalhar a cidade. Por exemplo, a Avenida João Medeiros Filho é de responsabilidade do Governo do Estado, e está toda esburacada, mas o governo não toma providências para recuperar a malha viária de Natal. Explique, governadora, governo do PT, por que vocês não recuperam a João Medeiros Filho?”, questionou Álvaro Dias.

Audiência sobre o Desenvolvimento do Bairro do Alecrim Vice Prefeito Álvaro Dias (322)
Álvaro Dias, prefeito da cidade do Natal. Foto: José Aldenir/Agora RN

O chefe do Executivo municipal disse ainda que outras obras estão paralisadas na capital potiguar. “Nós fizemos a reforma da Avenida Felizardo Moura, ampliamos para cinco faixas de asfalto, pois bem, o Governo do Estado era para ter feito ao mesmo tempo a reforma da Ponte de Igapó com o Dnit, mas não fizeram propositadamente”, frisou.

Segundo o prefeito, a situação foi denunciada pelos próprios funcionários do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). “Eles disseram que a obra tinha sido retardada de propósito para atrapalhar o progresso de Natal. O canteiro de obras não era para estar lá. A ideia do PT é essa, é atrasar Natal, não podemos aceitar”. 

Atualmente, a Ponte de Igapó está com um dos sentidos completamente interditado em função de uma obra de recuperação feita pelo Dnit, que foi iniciada em setembro de 2024. O Município moveu uma ação civil pública que contestou a obstrução de um lado da ponte devido à instalação do canteiro, alegando transtornos para a população da Zona Norte, mas a Justiça Federal do RN negou o pedido.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Lula prometeu cumprir arcabouço fiscal em conversa com ministros: “Não abro mão”
Segundo o ministro das Relações Institucionais, presidente disse que regra ajuda a ampliar investimentos no país e recuperar políticas sociais
12/07/2024 às 20:15
Investigados mentiram para proteger Bolsonaro em caso das joias, diz PF
Depoimentos trouxeram informações erradas sobre a localização, movimentação e destino dos itens desviados do acervo público
12/07/2024 às 18:26
STF realiza audiência de custódia de presos no caso Abin
Segundo a PF, agência foi usada para favorecer filhos de Bolsonaro
12/07/2024 às 15:22
George Soares toma posse como Conselheiro do TCE na próxima quarta-feira
Vaga pertence ao quadro de indicados pela Assembleia Legislativa e estava aberta desde a aposentadoria do Conselheiro Tarcísio Costa
12/07/2024 às 15:13
Salatiel de Souza e Homero Grec oficializam pré-candidaturas em Parnamirim
Evento da pré-chapa ocorrerá no Boungaville Recepções nesta segunda-feira 12
12/07/2024 às 11:55
Paulinho Freire tem condição de vitória e fará grande governo, afirma ACM Neto
Vice-presidente do União Brasil visitou RN ontem para lançamento de guia para ajudar na elaboração de planos de governo
12/07/2024 às 07:59
Câmara aprova PEC da Anistia, que reduz cota para negros nas eleições
Projeto tramitou por mais de um ano com pouquíssimo debate público e só teve oposição do PSOL e do Novo; texto segue agora para o Senado
11/07/2024 às 21:59
‘Intenção de rompimento democrático’, diz Randolfe sobre monitoramento ilegal da Abin
O líder do governo no Congresso Nacional, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), consta na lista de autoridades que foram monitoradas ilegalmente pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin)
11/07/2024 às 20:02
Câmara aprova destinação de 5% de emendas parlamentares a catástrofes
Nos dois turnos, proposta teve votos de apoiadores do governo e da oposição, além de encaminhamento favorável de todas as bancadas partidárias
11/07/2024 às 15:19
“Não vi como bronca”, diz Márcio Macêdo sobre cobrança de Lula
Presidente pediu ao ministro mais participação em reuniões
11/07/2024 às 11:51