BUSCAR
BUSCAR
Pedido
Prefeito de NY pede a Michelle que mande Bolsonaro se vacinar contra Covid
'Mande seu marido se vacinar também para que ele deixe de ser um perigo para outras pessoas', afirmou Bill de Blasio ao compartilhar a notícia que primeira-dama brasileira se vacinou nos EUA
g1
29/09/2021 | 12:28

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, pediu nesta quarta-feira (29) à primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, que mande o presidente Jair Bolsonaro se vacinar contra a Covid-19.

De Blasio compartilhou em uma rede social a notícia que a primeira-dama brasileira se imunizou nos Estados Unidos, quando foi para Nova York na comitiva brasileira para a Assembleia Geral da ONU (veja no vídeo abaixo).

“Mande seu marido se vacinar também para que ele deixe de ser um perigo para outras pessoas”, escreveu o prefeito nova-iorquino.
Para políticos e infectologistas, a opção de Michelle de se vacinar nos EUA, não no Brasil, é um “absurdo” e um “desprezo” ao SUS (Sistema Único de Saúde) e ao PNI (Programa Nacional de Imunizações).

Prefeito de ny pede a michelle que mande bolsonaro se vacinar contra covid
O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, vota na eleição municipal. Foto: Brendan McDermid/Reuters

Especialistas e políticos classificam imunização de Michelle Bolsonaro como desrespeito ao SUS

Sem vacina em NY

De Blasio já havia criticado o presidente brasileiro outras duas vezes recentemente, porque Bolsonaro foi à Assembleia Geral da ONU, cuja sede fica em Nova York, sem ter se vacinado.

“Se você não quer se vacinar, nem precisa vir”, afirmou o político americano no dia 20. “Com os protocolos em vigor, precisamos enviar uma mensagem a todos os líderes mundiais, principalmente Bolsonaro, do Brasil, que se você pretende vir aqui, você precisa estar vacinado”.

Bolsonaro foi o único líder do G20 (grupo que reúne as maiores economias do planeta) a ir à ONU que publicamente diz que não se imunizou contra a Covid-19.

O presidente do Brasil participou do evento na ONU mesmo sem estar vacinado, mas não conseguiu frequentar outros locais fechados na cidade, pois Nova York exige que as pessoas apresentem um comprovante de imunização.

Comparação com príncipe britânico

No dia 23, o prefeito de Nova York comparou o presidente brasileiro ao príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle. “Não seja como Jair Bolsonaro, seja como Harry e Meghan. Vacine-se”.

Harry e Meghan participaram no sábado (25) do “Global Citizen Live”, uma transmissão de 24 horas no Central Park cujo intuito era pressionar os países por igualdade na distribuição de vacinas contra a Covid-19.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.