BUSCAR
BUSCAR
Prefeito de Ceará-Mirim vai recorrer de decisão sobre presídio

13/05/2015 | 18:27

O prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto, vai tentar recorrer da decisão do Tribunal de Justiça que revogou o ato da Prefeitura que negava a doação de terreno ao Governo do Estado para a construção de presídio estadual naquele município. O valor previsto para a obra é de aproximadamente R$ 18 milhões, segundo a Procuradoria Geral do Estado.

Em Brasília tratando de assuntos da Prefeitura, Peixoto ficou sabendo da decisão através da reportagem do Visor Político. “Vamos analisar com a assessoria jurídica que medidas podem ser tomadas. Se tiver como vou recorrer sim”, afirmou.

O Governo do Estado travou a batalha jurídica contra o prefeito Peixoto a fim de evitar a perda dos recursos federais para a construção. Ao avaliar a possibilidade de perda, Peixoto, dispara: “O Estado já não perdeu recursos outras vezes? Não tem só Ceará-Mirim para construir esse presídio. Teve cidade que ofereceu espaço para construir e o Estado não aceitou. Eu acho que isso é mais uma questão política”, avalia.

Questionado sobre quais Prefeituras teriam oferecido terreno para a construção ele preferiu não revelar, alegando questões éticas.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.