BUSCAR
BUSCAR
Economia

Prazo para negociar IPVA e ICMS atrasados através do Refis termina dia 31

A partir do dia 31, apenas as dívidas relativas ao ITCD poderão ser negociadas, visto que o prazo expira em 27 de dezembro deste ano
Redação
28/10/2023 | 05:05

O programa de regularização fiscal, aberto desde o dia 18 de setembro, está à iminência de encerrar em relação aos débitos — IPVA, ICMS e Dívida Ativa. O prazo encerra no dia 31 deste mês. A partir dessa data, apenas as dívidas relativas ao ITCD poderão ser negociadas, visto que o prazo expira em 27 de dezembro deste ano.

Este é o maior programa de estímulo à regularização cadastral de contribuintes e cidadãos do Rio Grande do Norte. O Programa de Refinanciamento e Regularização Fiscal do RN (Novo Refis 2023) oferece descontos de até 99% sobre os juros e multas e, no caso específico do ITCD, uma redução de 50% sobre o valor do imposto devido. O percentual de abatimento varia de acordo com a modalidade de pagamento do débito. Se a dívida for quitada à vista, os descontos são maiores.

refis
Novo Refis 2023 oferece descontos de até 99% sobre juros e multas de débitos. Foto: Sandro Menezes

Outra opção é o parcelamento, que pode ser feito em até 60 meses. Neste caso, os descontos são inversamente proporcionais à quantidade de parcelas negociadas. Com essas vantagens, o Novo Refis 2023 permite a regularização de dívidas tributárias, referentes aos três impostos estaduais (ITCD, ICMS e IPVA), além de montantes inscritos na dívida ativa e outros passivos não tributários, como taxas de licenciamento, por exemplo.

O período de adesão começou primeiro para a renegociação de inadimplência relativa aos tributos, que se encontram na esfera da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz-RN). Os interessados devem recorrer aos canais de atendimento, no site da Unidade Virtual de Tributação ( https://uvt.set.rn.gov.br/) e pelo Whatsapp 84 3232-2190.

Já para os débitos não tributários, ou que já estão no cadastro negativo do estado, as renegociações iniciaram no dia 20 deste mês, quando a Procuradoria Geral do Estado disponibilizará o serviço. As adesões poderão ser feitas presencialmente nas unidades físicas do órgão nos bairros de Petrópolis e Candelária, em Natal. O contribuinte ou cidadão também poderá acessar o programa pela Internet, no site oficial da PGE-RN (www pge.rn.gov.br) ou WhatsApp (84) 99933-3753.

Esse está sendo considerado o maior Refis já feito no estado, justamente por abranger, não somente contribuintes de ICMS, mas também pessoas físicas que contribuem com o IPVA e o ITCD, este último obrigatório para as transferências de bens.

Regras

A regulamentação do programa foi publicada no “Diário Oficial do Estado (DOE), no dia 16 de setembro, e garante benefícios para quem colocar em dia a situação fiscal. Nesta edição do Novo Refis, a novidade foi a inclusão de abatimentos no valor devido ou a ser pago pelo ITCD, que pode cair pela metade, segundo o secretário estadual de Fazenda, Carlos Eduardo Xavier.

Vantagens da adesão ao novo Refis do Estado

*Descontos de até 99% sobre o montante de juros e multas

*Possibilidade de parcelamento

*Podem aderir pessoas físicas e pessoas jurídicas

*Débitos tributários, não tributários e débitos da Dívida Ativa

Período de adesão

ICMS/IPVA –18/09/2023 a 31/10/2023

ITCD – 18/09/2023 e 27/12/2023

Dívida Ativa -20/09/2023 a 31/10/2023

Débitos negociáveis

ICMS vencido até 31/03/2023

IPVA gerado até 31/12/2022

ITCD lançado até 27/12/2023

Não tributáveis inscritos na dívida ativa até 31/08/2023

Vantagens

ICMS

Redução de 60% a 99% do valor de juros e multas

Parcelas com valor mínimo de R$500,00.

● Redução de 99%  para pagamento à vista.

● Redução de 90% para pagamento em 2 a 10 parcelas.

● Redução de 75% para pagamento em 11 a 20 parcelas.

● Redução de 60% para pagamento em 21 a 60 parcelas.

IPVA

Redução de 90% a 99% do valor de juros e multas

Parcelas com valor mínimo de R$100,00.

● Redução de 99% para pagamento à vista.

● Redução de 90% para pagamento em 2 a 10 parcelas.

ITCD

Redução de 50% do valor do imposto e 99% do valor de juros e multas

Parcelas com valor mínimo de R$500

● Redução de 50% do valor do imposto e 99% das multas, juros e acréscimos para pagamento à vista.

● Redução de 90% para pagamento em 2 a 10 parcelas.

Não tributáveis

Redução de 60% a 75% do valor de juros e multas

Parcelas com valor mínimo de R$100

● Redução de 75% para pagamento à vista.

● Redução de 60% para pagamento parcelado em até 60 vezes.

Como aderir 

Débitos tributários

https://uvt.set.rn.gov.br/

WHATSAPP 84 3232-2190

Unidades Regionais de Tributação (presencialmente)

 

Dívida Ativa

PGE-RN em Natal: avenida Afonso Pena, 1155, Tirol e rua Militão Chaves, 1807, Candelária

WhatsApp (84) 99933-375

Informações www pge.rn.gov.br

Apostas movimentam 1% do PIB e comprometem até 20% do orçamento livre dos mais pobres, diz estudo
XP mostra que setor movimenta R$ 100 bilhões no Brasil e, proporcionalmente, é maior que nos EUA, onde apostas somam 0,4% do PIB
20/06/2024 às 19:30
Dólar vai a R$ 5,46 e renova máxima desde julho de 2022 após críticas de Lula ao BC
Banco Central encerrou um ciclo de sete cortes consecutivos na taxa Selic
20/06/2024 às 18:36
Lula lamenta manutenção da taxa básica de juros: “Quem perde é o Brasil”
Lula ainda criticou a autonomia do BC, que por lei assegura mandatos a seus diretores
20/06/2024 às 16:28
País tinha 9,4 milhões de empresas em 2022, mostra pesquisa do IBGE
Salário médio mensal foi R$ 3.542,19
20/06/2024 às 10:21
Mercado de inovação e startups para 60+cresceu no RN de 2020 a 2023, aponta mapeamento feito pelo Sebrae-RN
Empreendedorismo é uma das oportunidades para 60+ aliando experiência e tecnologia
20/06/2024 às 08:23
BC contraria Lula, interrompe sequência de cortes e mantém taxa de juros a 10,5%
Em entrevista, Lula disse que Roberto Campos Neto não demonstra capacidade de autonomia, tem lado político e trabalha para prejudicar o País
20/06/2024 às 07:50
Copom interrompe cortes e mantém juros básicos em 10,5% ao ano
Fim das reduções da Taxa Selic era esperado pelo mercado financeiro
19/06/2024 às 18:49
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 3
Com adicionais, valor médio do benefício está em R$ 683,75
19/06/2024 às 10:24
Autonomia do BC aumentou credibilidade na política monetária, diz Lira
Falas de Lira vem em meio às críticas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra o presidente do BC, Roberto Campos Neto
18/06/2024 às 17:54
Haddad e Tebet relatam preocupação de Lula com alta de subsídios
Renúncias fiscais e benefícios financeiros atingiram R$ 646 bi em 2023
17/06/2024 às 19:26
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.