BUSCAR
BUSCAR
Indignação
Políticos reagem à fala de Bolsonaro: “Criminoso, genocida, mentiroso”
Parlamentares do RN ficaram revoltados com o fato de o presidente Jair Bolsonaro relacionar vacinas da Covid à AIDS
Adenilson Costa
26/10/2021 | 07:48

“Essa declaração é mais uma prova da política negacionista e genocida de Bolsonaro e seu governo. Não é diferente de tudo que ele fez desde o início da pandemia, quando negou a existência da doença, boicotou a vacina e submeteu mais de 600 mil pessoas à morte, além de milhões em luto e com sequelas. Bolsonaro tem que ser colocado para fora já e preso por todos os crimes cometidos”. Foi com essa declaração que a pré-candidata ao governo do Estado Rosália Fernandes (PSTU), rebateu as falas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que durante uma live realizada na última quinta-feira, o chefe do Executivo associou a vacina contra a covid-19 à aids.

A vereadora de Natal Brisa Bracchi (PT) também demonstrou insatisfação em relação as palavras do presidente da República: “É um absurdo que Bolsonaro faça essa associação entre a vacina contra Covid e o vírus da Aids”. E continua: “É criminosa a forma com que ele desestimula a vacinação da população. Essa declaração é mais uma mostra do seu projeto de mentira, de agressão, de negação da ciência e da realidade”, enfatizou.

A deputada estadual Isolda Dantas (PT), criticou a declaração do presidente e classificou de irresponsável: “A declaração irresponsável do presidente Bolsonaro ao associar as vacinas com a AIDS é mais um ataque dele contra o povo e contra a ciência. Primeiro, contra a ciência porque essa afirmação é um absurdo enorme, sem qualquer base científica. Segundo, porque Bolsonaro continua promovendo a desinformação e desestimulando as pessoas a se vacinarem. A gente está vendo que as vacinas salvam vidas, mas o presidente continua contra elas da maneira mais suja possível”, grifou.

Ainda segundo Isolda: “Além disso, Bolsonaro fala de uma doença que possui um estigma muito grande na sociedade, que é a AIDS. O que vemos é o presidente da República reforçando preconceitos, espalhando mentiras e prestando um desserviço enorme para nosso povo. Isso é crime, como tantos outros que ele já cometeu. A cada nova declaração, Bolsonaro mostra que não está à altura do cargo de presidente”, destacou.

Para o senador da República Jean Paul (PT): “A vocação de Bolsonaro para mentira é tanta, que se tivesse o mesmo empenho para governar o país, talvez estivéssemos em melhor situação. Não faz nada de útil além de espalhar desinformação e ódio”. E aconselhou: “As vacinas salvam vidas e estão nos ajudando a retomar, aos poucos, a vida em meio a essa terrível pandemia da COVID-19. Nesse contexto, o que mata é fake news. Esse, aliás, deve ser o único tema do qual o presidente da República entende”, explicou.

Casos de Covid-19 no RN

A declaração do presidente Jair Bolsonaro acontece no momento em que o Rio Grande do Norte volta a registrar óbitos no Estado por Covid-19.

Segundo matéria publicada recentemente neste jornal, dados parciais divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesap), na última sexta-feira, mostram que após dois dias sem mortes, o RN voltou a ter óbitos em decorrência do Coronavírus. Além disso, a ocupação de leitos também voltou a subir.

De acordo com dados obtidos pela plataforma Regula RN, a taxa geral de ocupação estava em 41,7% no Estado. A Região Metropolitana tinha 44,4% dos leitos críticos ocupados com pacientes com Covid, já na região Oeste potiguar a taxa era de 36,8%, enquanto o Seridó registrava 20,5% das UTIs ocupadas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.