BUSCAR
BUSCAR
Crime

Policial Militar é morto com mais de 25 tiros em Felipe Camarão

A vítima foi identificada como Sargento Vitor, da ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas)
Redação
30/06/2023 | 13:13

Um policial militar foi morto com mais de 25 tiros na manhã desta sexta-feira 30 no bairro Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal. Segundo informações da polícia, o policial foi morto dentro de uma residência que chegou para uma conversa.

A vítima foi identificada como Sargento Vitor, da ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas). O corpo do PM ficou sob uma moto na porta da residência.

Casal fica refém de criminosos na própria casa por seis horas. - Foto: José Aldenir/Agora RN
Policiais no local do crime - Foto: José Aldenir
Local em que o policial militar foi morto - Foto: José Aldenir/Agora RN
Local em que o policial militar foi morto – Foto: José Aldenir/Agora RN

Segundo o delegado da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Rysclift Factore, é provável que haja uma conexão com outros crimes, envolvendo policiais,  cometidos no bairro, não entre as vitima mas com os praticantes.

“Sabe o que é você vê um irmão de farda com 20 tiros? imagine o psicológico hoje de um policial militar, merece respeito”, disse Carlos Cortez, presidente da Associação dos Cabos Soldados.

Muitas viaturas e o helicóptero da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) estão no local do crime. Ainda não há informações sobre as causas ou possíveis suspeitos do crime.

NOTA DE PESAR DA SESED

“A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), diante da ocorrência envolvendo a morte do 3° Sargento da Polícia Militar João Victor Serafim Ramos, no bairro de Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal, vem a público afirmar que todas as forças de segurança que atuam no Estado estão empenhadas em identificar, localizar e entregar ao Poder Judiciário os envolvidos no ato criminoso em questão. Para não comprometer o trabalho investigativo já iniciado pela Polícia Civil, não é possível, neste momento, dar detalhes sobre autoria e/ou motivação. Resta saber, contudo, que o Estado não tolera e jamais será complacente com qualquer ato criminoso, seja qual for ou contra quem quer se seja. A SESED se solidariza aos amigos e familiares do policial militar neste momento de luto.”

Seguro obrigatório voltará a ser pago em 2025
Nova taxa prevê pagamento de serviços médicos a vítimas de acidentes
17/05/2024 às 14:58
Analfabetismo cai, mas 11,4 milhões ainda não sabem ler e escrever no Brasil, diz IBGE
Em 13 anos, taxa teve uma redução de 2,6 pontos percentuais, caindo de 9,6% para 7%
17/05/2024 às 14:43
Após tratamento para erisipela, Bolsonaro tem alta de hospital
Ex-presidente estava internado no Hospital Vila Nova Star, São Paulo
17/05/2024 às 13:04
Caixa começa a pagar Bolsa Família de maio
Pagamento no Rio Grande do Sul é unificado
17/05/2024 às 12:08
Lula sanciona volta da cobrança do seguro Dpvat, mas veta multa por não pagamento
Presidente vetou os artigos que estabeleciam multa pela falta de pagamento do Seguro Obrigatório
17/05/2024 às 12:00
Judiciário repassa R$ 130 milhões para Defesa Civil gaúcha
Tribunal de Contas deverá fiscalizar aplicação dos recursos
16/05/2024 às 16:48
Android terá ‘modo ladrão’ que bloqueia tela do celular caso alguém o arranque de sua mão
Novidade poderá bloquear a tela do celular ao identificar que alguém arrancou o aparelho de sua mão abruptamente
16/05/2024 às 15:41
Primeiro lote de restituição do IR vai pagar mais de R$ 1 bilhão para contribuintes do RS
Segundo a Receita Federal, medida vai beneficiar cerca de 900 mil gaúchos
16/05/2024 às 14:00
Brasil vai desenvolver cultivo de alimentos no espaço
Tecnologias deverão ser desenvolvidas pela Embrapa
15/05/2024 às 15:48
Petrobras perde R$ 35,3 bilhões em apenas uma manhã
Ações da empresa operam forte em queda após saída de Jean Paul
15/05/2024 às 14:51
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.