BUSCAR
BUSCAR
Caso assustador
VÍDEO: Polícia conclui que tio e avô estupravam crianças da família
Violência sexual ocorreu de forma incessante, ao longo de três meses
Redação
06/12/2023 | 16:32

Com desfecho assustador, uma investigação conduzida pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) concluiu que tio e avô estupravam todas as crianças de uma mesma família: duas meninas, de 9 e 12 anos, e um menino, de 8. A violência sexual ocorreu de forma incessante, ao longo de três meses, quando as vítimas passavam férias na casa dos pedófilos, no município de Mundo Novo, em Goiás.

Os dois criminosos foram presos preventivamente por investigadores da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia), após a conclusão das apurações, na segunda-feira 04. A coluna Na Mira, do site Metrópoles, teve acesso exclusivo aos detalhes da investigação, que choca pela crueldade dos maníacos. Ambos terão o nome mantido em sigilo para que as crianças violentadas não sejam expostas indiretamente.

Os estupros ocorreram em sequência entre os meses de dezembro de 2018 e fevereiro de 2019. A PCDF só tomou conhecimento do caso em abril de 2022, quando o pai das duas meninas abusadas desconfiou do crime e registrou boletim na 26ª DP.

O pai das crianças percebeu a mudança de comportamento de uma das filhas quando elas retornaram para a casa da família, em Samambaia. Uma das meninas se tornou extremamente introspectiva e resistir a sair do quarto.

O homem, então, decidiu acionar a psicóloga da igreja que costuma frequentar. Em conversa com as crianças, a profissional identificou que elas poderiam ter sido vítimas de abuso sexual e, imediatamente, orientou o pai a procurar uma delegacia. Durante depoimento especial prestado pelas garotas, todos os detalhes sobre o horror dos estupros vierem à tona.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.