BUSCAR
BUSCAR
Ação policial
Polícia na Record? Confinado em ‘A Fazenda’, Nego do Borel é indiciado por transmissão de HPV e violência doméstica
Na acusação, ex- do cantor o acusa de estupro de vulnerável, ameaça, injúria, lesão corporal, violência doméstica e transmissão de HPV
TV Pop
18/09/2021 | 16:40

Duda Reis usou as redes sociais para contar que Nego do Borel, que está confinado em A Fazenda, da Record, foi indiciado por violência doméstica contra ela. A influenciadora relata sobre a denúncia que fez em janeiro na Delegacia da Mulher de São Paulo. Na acusação, a modelo o acusa o cantor de estupro de vulnerável, ameaça, injúria, lesão corporal, violência doméstica e transmissão de HPV.

“Hoje Nego do Borel foi indiciado por violência doméstica contra mim. Acho que vocês precisam saber, principalmente quem duvida da palavra da mulher e sempre a coloca em questão”, começou. A atriz lamentou que a Record esteja dando visibilidade para o artista. “O que mais me entristece é ver uma emissora dando espaço para um ‘homem’ que foi denunciado por três mulheres diferentes sobre violência doméstica. Está sendo responsável por desestimular a mulher a denunciar! Agressor não pode ter vez”, declarou.

A modelo afirmou que é lamentável ver que algumas mulheres conseguem duvidar da palavra de outra mulher. “De fato, é lamentável ver mulheres duvidando da palavra e da história de outras mulheres, ainda mais em rede nacional. Mas isso só reitera o machismo e como somos ensinados a não levarmos em consideração o que a mulher viveu e sofreu”, pontuou.

“Como vocês querem que a mulher denuncie, se em um exemplo de um caso de violência doméstica o homem agressor é colocado num reality e ainda recebe 150 mil [reais] para participar? Francamente! Por isso que as taxas de feminicídio só aumentam, a emissora prestando um desserviço”, desabafou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.