BUSCAR
BUSCAR
Coluna
PL: João Maia admite que seu grupo não apoiará Fátima, mas os deputados não falaram nada
Confira as últimas da política no Agora RN desta quarta-feira 19
Redação
19/01/2022 | 08:38

O presidente do PL potiguar, deputado federal João Maia, iniciou a semana falando no posicionamento do seu partido no Rio Grande do Norte. No próximo mês, os trabalhos da Assembleia Legislativa serão reiniciados. Mas, segundo a opinião de João Maia, pelo menos seu PL deve ficar independente do Governo Fátima Bezerra. Com a entrada do ministro Rogério Marinho e do presidente Jair Bolsonaro no partido, a tendência muda: “É uma realidade, portanto, incompatível apoiar o PT no Rio Grande do Norte”, disse.

Nos últimos dias, João Maia já iniciou conversas com os três deputados do PL: Kleber Rodrigues, Ubaldo Fernandes e George Soares, este último tem cargos no Governo, como a Ceasa e o adjunto da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). George já ensaia uma filiação ao PSB do deputado Rafael Motta, mas o interesse do partido também é manter a vaga de deputado federal. Para avançar, George quer foco na nominata de estadual, onde monta para ser um dos cabeças.

João Maia sabe que George Soares garantiu apoio a sua reeleição, mesmo mudando de partido. Mas, George também sabe que a partir de agora, o PL deve fazer um bloco independente e a posição nas eleições será contra o Governo Fátima. Rafael Motta tem interesse no crescimento do PSB, mas não quer vê um “inchaço” apenas. Os deputados que viriam para o partido teriam que apoiar seu nome para federal. “Se ele vai abrir o partido para salvar alguns, esses teriam que também ajudar retribuindo o apoio”, garante uma fonte.

Reviravolta
João Maia soube das articulações do ministro Fábio Faria para levar deputados federais ao PP. Após sair do evento da segunda-feira no Holiday Inn, o deputado do PL ligou os colegas General Girão (PSL) e Carla Dickson (Pros) para afinar o discurso quanto a nominata. João sabe que Benes Leocádio não dará um passo sem antes combinar com o ministro Rogério Marinho.

Robinson
O que mais vai atrapalhar a ideia de Fábio Faria em fortalecer o PP é o nome do ex-governador Robinson Faria, que trabalha para ter uma cadeira na Câmara dos Deputados. Todos os interessados sabem que o foco é eleger, de uma forma ou de outra, o pai do ministro.

Cociente
Enquanto Fábio Faria e João Maia puxam corda para a filiação dos deputados federais no PP e PL, respectivamente, se os dois concentrassem forças em juntar a base bolsonarista em um só partido, a formação de um chapão elegeria pelo menos a metade das oito cadeiras, que o RN tem direito hoje em Brasília.

Abaixo ASSINADO
O protesto disponível na plataforma Avaaz contra a entrada do ex-governador paulista Geraldo Alckmin, como candidato a vice do ex-presidente Lula da Silva, tinha 1.273 adesões, até esta terça-feira. A iniciativa de setores do PT tem adesões de alguns dirigentes partidários, mas poucos com muita relevância na legenda.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.