BUSCAR
BUSCAR
Operação
PF faz operação e prende suspeita de tráfico de drogas no RN
Segundo PF, suspeita teria aberto empresa de refrigeração fictícia para receber climatizadores que estariam com drogas no interior
Redação
18/11/2021 | 18:30

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (18) a Operação Brisas e prendeu na Zona Norte de Natal, uma jovem de 21 anos, suspeita de tráfico de drogas.

A detenção se deu no cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pela 12ª Vara da Justiça Estadual e contou com apoio da Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), instalada na Superintendência da PF em Natal. Naquela ocasião, também foi cumprido um mandado de busca e apreensão na residência da acusada.

A investigação que resultou na prisão da mulher foi iniciada há quatro meses, a partir de uma informação recebida da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, que apreendeu naquele estado uma carga de maconha camuflada em aparelhos climatizadores que estava sendo remetida através de uma transportadora para Natal, e que tinha a acusada como destinatária.

Durante as diligências, a PF descobriu que a suspeita criou na capital potiguar uma empresa de refrigeração fictícia visando com isso justificar o recebimento dos aparelhos climatizadores. Foi verificado ainda que, além da maconha apreendida, pelo menos outras quatro remessas de climatizadores contendo material entorpecente em seu interior foram remetidas para a investigada, a partir da cidade de Dourados/MS.

Após submetida a exames de corpo de delito no ITEP, a presa se encontra custodiada na sede da PF, à disposição da Justiça.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.