BUSCAR
BUSCAR
Lava Jato
PF cumpre mandados de prisão em operação que mira fraude em contratos da Transpetro
Suspeita da Polícia Federal é que um estaleiro contratado por R$ 857 milhões para fornecer os navios pagou propina a um executivo da estatal
Agência Estado
19/08/2020 | 07:38

A Polícia Federal, em cooperação com o Ministério Público Federal, deflagrou na manhã desta quarta-feira (19) a Operação Navegar é Preciso, fase 72 da Lava Jato para combater supostas fraudes em licitações da Transpetro, subisidiária da Petrobrás responsável pelo transporte de combustível e pela importação e exportação de petróleo e derivados, para compra e venda de navios.

Os agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão em Alagoas, São Paulo, Niterói e Rio de Janeiro e dois de prisão na capital paulista, todos expedidos pela 13ª Vara Federal em Curitiba.

A suspeita é que um estaleiro contratado por R$ 857 milhões para fornecer os navios pagou propina a um executivo da estatal. O prejuízo com a contratação, classificado pela PF como “assombroso”, é estimado em cerca de R$ 611 milhões.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.