BUSCAR
BUSCAR
Cotação

Petróleo dispara e supera os US$ 90 por barril

O temor de investidores é que o Irã se envolva no conflito com a incursão terrestre do exército israelense na faixa de Gaza
Redação
13/10/2023 | 18:54

O preço do petróleo dispara nesta sexta-feira 13, em meio à guerra entre Israel e Hamas. Às 15h35, o barril de Brent (referência internacional) subia 5,62%, a US$ 90,83, maior valor desde o dia 3.
Segundo o ministro do Petróleo iraniano, Javad Owji, os preços devem chegar a US$ 100 por conta do conflito devido à atual situação do Oriente Médio, disse nesta sexta.
O temor de investidores é que o Irã se envolva no conflito com a incursão terrestre do exército israelense na faixa de Gaza.

Outro fator para a disparada da commodity são as sanções impostas, na quinta 12, pelos Estados Unidos aos proprietários de navios-tanque que transportam petróleo russo com preço acima do limite do G7 de US$ 60 por barril, para fechar brechas no mecanismo criado para punir Moscou pela invasão da Ucrânia.

Preço do petróleo sobe 5% em meio a guerra entre Israel e Hamas / Foto: reprodução
Preço do petróleo sobe 5% em meio a guerra entre Israel e Hamas / Foto: reprodução

A Rússia é o segundo maior produtor de petróleo do mundo e um grande exportador, e o escrutínio mais rigoroso dos EUA sobre suas remessas pode reduzir o fornecimento.
Também na quinta, a OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) manteve sua previsão de crescimento da demanda global de petróleo, citando sinais de uma economia mundial resiliente até o momento este ano e a expectativa de novos ganhos de demanda na China, o maior importador de petróleo do mundo.

A valorização do óleo impulsiona as ações de petroleiras brasileiras na Bolsa de Valores. A Petrobras subia 3,21%, a R$ 36,25, por volta de 15h39.

O Ibovespa, porém, não consegue acompanhar o movimento. O índice recuava 1,12%, a 115.736 pontos, na volta de feriado.
Já o dólar sobe 0,99%, a R$ 5,1005.

Investidores também estão repercutindo a inflação americana mais forte do que o esperado e uma inflação chinesa mais fraca do que o previsto.

Ontem, os índices de ações brasileiras negociadas em Wall Street tiveram fortes quedas. O índice EWZ, que reúne 47 papéis de companhias listadas na B3, caiu 2,05%. O Brazil Titans 20, que conta com 20 ações brasileiras, perdeu 1,85%.

Na quinta, o governo dos EUA divulgou que a inflação subiu 3,7% em setembro, na comparação anual, mesmo patamar de agosto e 0,1 ponto percentual acima do previsto. O maior ponto de atenção, segundo especialistas, são os avanços surpreendentes nos custos de aluguel e de gasolina. Os dados levaram o mercado a precificar juros mais altos por mais tempo.

Contribuindo para o clima cauteloso nesta sexta, dados abaixo do esperado da inflação chinesa divulgados na madrugada reforçaram temores sobre enfraquecimento da demanda no país.

Os preços ao consumidor da China vacilaram e os preços de fábrica encolheram um pouco mais do que o esperado em setembro, com ambos os indicadores mostrando pressões deflacionárias persistentes na segunda maior economia do mundo.

Bolsa Família chega a 501 mil de famílias no Rio Grande do Norte em maio 
Valor médio recebido pelos beneficiários no estado é de R$ 673,37
18/05/2024 às 17:51
Governo Federal libera mais de R$ 270 milhões para Governo do RS e municípios gaúchos 
Parcela adicional de recursos do Fundo de Participação dos Municípios soma R$ 192,7 milhões e beneficiará as 47 prefeituras em situação mais grave
18/05/2024 às 15:03
Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil
Etapa abrange dívidas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022
18/05/2024 às 14:53
Ceará-Mirim antecipa pagamento de salários de servidores
Medida sempre esteve entre as prioridades da gestão do prefeito Júlio César
18/05/2024 às 14:23
Petrobras perde quase R$ 70 bi em uma semana após demissão de Prates
Ação da estatal acumula perda de 12% com temor de ingerência do governo federal; empresa é avaliada em R$ 487 bilhões
17/05/2024 às 20:37
AGU pede ao Supremo suspensão de decisão sobre desoneração
Órgão argumenta que governo fechou um acordo com o Legislativo
16/05/2024 às 18:55
Senado aprova suspensão da dívida do RS por três anos
Segundo o governo, proposta deve abrir espaço de R$ 23 bilhões nas contas do estado para priorizar gastos e investimentos na reconstrução dos municípios atingidos pelas enchentes
15/05/2024 às 19:28
Em vídeo, Jean Paul Prates se despede da Presidência da Petrobras: “Coração cheio de gratidão”
Demissão de Prates foi anunciada na noite desta terça-feira 14
15/05/2024 às 16:59
Governo anuncia Auxílio Reconstrução para famílias afetadas por chuvas no RS
Defesa Civil vai ajudar a identificar beneficiários. Pagamento será pela Caixa, via PIX. Investimento estimado é de R$ 1,2 bilhão
15/05/2024 às 16:08
Conselho da Petrobras aprova fim do mandato de Jean Paul Prates
Governo indicou a engenheira Magda Chambriard para substituir Prates
15/05/2024 às 14:07
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.