BUSCAR
BUSCAR
Partido não vê “antiética” e arquiva investigação contra Marcos do PSOL

22/05/2015 | 08:04

A executiva nacional do PSOL vai arquivar o pedido de investigação feito pelo diretório local do partido contra o vereador Marcos Antônio, mais conhecido como Marcos do PSOL.

De acordo com a legenda, a “contribuição voluntária” para o partido não é antiética, portanto não haveria nada a ser apurado no caso em que ele foi denunciado.

Marcos do Psol é investigado por suposta cobrança de parte dos salários dos servidores que trabalham em seu gabinete, segundo denunciou em janeiro o Potal Noar. O pagamento era cobrado por um servidor ligado a Marcos. O vereador afirmou, no entanto, que se tratava de contribuição partidária prevista no estatuto do partido, e que os vídeos divulgados distorciam o fato.

Ainda assim, Marcos continua sendo investigado pela Comissão de Ética da Câmara, que ontem fez uma oitiva com o vereador. A reunião foi secreta, a portas fechadas, o que contraria o regimento interno. Questionado sobre o fato, o presidente da Comissão, Joanilson Rêgo (PSDC) afirmou ao repórter do Visor Político : “Você fica à vontade no seu blog que eu fico à vontade na minha comissão”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.