BUSCAR
BUSCAR
Covid-19
Pandemia em Portugal completa 1 ano com lockdown para superar 3ª onda
Durante a primavera europeia (de março a junho), Portugal foi elogiado por seus indicadores reduzidos, por ter tido poucas centenas de infecções por dia e menos de 40 mortes diárias
Estadão
01/03/2021 | 13:39

A pandemia do novo coronavírus em Portugal completa um ano no momento em que o país vive uma terceira onda de contaminações e está em lockdown para evitar um colapso no sistema hospitalar.

Durante a primavera europeia (de março a junho), Portugal foi elogiado por seus indicadores reduzidos, por ter tido poucas centenas de infecções por dia e menos de 40 mortes diárias. Meses depois, na segunda onda, o país chegou a ter 6 mil contágios em um dia e o pico de mortes foi de 98. Mas agora, na terceira onda, o país chegou a ter cerca de 300 mortes por dia e mais de 16 mil contágios em 24 horas.

O lockdown voltou em 15 de fevereiro para evitar o colapso dos hospitais e deve seguir até 16 de março. As fronteiras terrestres estão restritas com a Espanha e só podem atravessar de um país para outro transportadoras ou trabalhadores transfronteiriços.

Portugal também decidiu manter as restrições ao tráfego aéreo e só autoriza voos de e para países que compõem a União Europeia (UE) ou países associados ao Espaço Schengen. Todos os outros voos para outros países são permitidos apenas em caso de viagens essenciais.

O governo pretende apresentar na primeira quinzena de março um plano de reabertura sobre o qual ainda não apresentou detalhes. A espera é vivida com expectativa no país, que relatou 41 mortes e 718 casos positivos no domingo, 28, um número que vem caindo com o lockdown, assim como as hospitalizações. Hoje há 2.165 pacientes hospitalizados com covid, dos quais 484 em terapia intensiva.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.