BUSCAR
BUSCAR
Futebol
Palmeiras e Santos disputam título da Libertadores em busca de novo patamar
Alviverde tentará o bicampeonato e se firmar como um dos clubes mais organizados do País, enquanto rival alvinegro quer se isolar como o brasileiro mais vencedor, com quatro conquistas, duas com Pelé e uma com Neymar
Estadão
27/01/2021 | 19:30

O título da Copa Libertadores deixará Palmeiras ou Santos em um novo patamar no futebol sul-americano. O time alviverde tentará seu segundo troféu do torneio mais importante do continente. Se vencer, pode se colocar como um dos clubes mais organizados do País. O rival alvinegro quer se isolar como o brasileiro com mais títulos, quatro, dois deles com Pelé e um sob o comando de Neymar.

Campeão em 1999, o Palmeiras viu os três rivais paulista conquistarem a Libertadores neste século. É o único título que falta no ciclo vitorioso que o clube iniciou com sua reconstrução em 2015, ao lado da patrocinadora Crefisa. De lá para cá, venceu Copa do Brasil, Brasileiro e Paulista, mas sempre esbarrou na competição sul-americana. Não à toa, a Libertadores é chamada de “obsessão” pelos torcedores da equipe.

O técnico Abel Ferreira sabe da importância da Libertadores e disse que o elenco está preparado para a decisão. “É um jogo muito particular, é uma final. É fruto de um grande trabalho das duas equipes. Chegam as duas com mesmo desejo e ambição. Da minha parte, vamos nos preparar como temos feito em todos os jogos, encarar as emoções que temos e aceitá-las. Quando chegar o momento do apito do árbitro, temos que concentrar nossa energia para o plano de jogo. Não é esta semana. Tenho falado antes. Não vamos nos preparar agora, estamos nos preparando. Tenha certeza absoluta de que essa galera está preparada para a final”.

Já o Santos venceu o torneio pela última vez em 2011, com aquele time liderado por Neymar. Antes, já havia conquistado a Libertadores duas vezes, em 1962 e 1963, na era Pelé. Agora, buscará o tetra para deixar para trás os também tricampeões São Paulo e Grêmio. Se ganhar, será o único clube do Brasil a ter quatro conquistas. O que já está certo é que o futebol brasileiro chegará a 20 conquistas da competição, contra as 25 dos argentinos, os que mais venceram a Libertadores.

O técnico Cuca ressaltou que o fator psicológico será fundamental para a decisão de sábado. “Um jogador para desempenhar precisa estar psicologicamente bem. E nós estamos bem. A julgar daí, estamos 100%. Vamos fazer tudo e mais um pouco para tentar conquistar o título. Só no sábado, lá pelas 19h ou um pouco mais tarde, é que vamos saber se tudo o que a gente fez foi o suficiente para ser campeão”.

Ao contrário do Palmeiras, que desde 2015 vem acumulando grandes conquistas, o Santos iniciou 2020 pouco esperançoso por um título. O clube não conseguiu segurar o técnico Jorge Sampaoli para a temporada e sofreu com atrasos salariais e outros problemas de gestão que culminaram no afastamento do presidente José Carlos Peres.

MUNDIAL

O título da Libertadores também garante uma vaga na disputa do Mundial de Clubes, que será realizado no início do próximo mês no Catar. Uma possível conquista dá ainda mais prestígio ao time em busca de patrocínios e contratação de reforços. O Santos ganhou o Mundial duas vezes, em 1962 e 1963, atrás no Brasil apenas do tricampeão São Paulo. Já o Palmeiras considera a Copa Rio de 1951 como Mundial, apesar de idas e vindas em relação ao reconhecimento da Fifa sobre o clube ser ou não campeão do mundo.

O campeão da Copa Libertadores vai disputar a semifinal do Mundial de Clubes no dia 7 de fevereiro, contra o vencedor do confronto entre Tigres (campeão das Américas Central e do Norte), do México, e Ulsan Hyundai (campeão da Ásia), da Coreia do Sul.

O Mundial de Clubes ainda conta com o alemão Bayern de Munique (campeão europeu), que enfrentará no dia 8 de fevereiro o vencedor do duelo entre Al Duhail (campeão nacional do Catar) e o egípcio Al Ahly (campeão da África). A decisão do Mundial será realizada no dia 11, no estádio Education City, em Doha.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.