BUSCAR
BUSCAR
Abuso da fé
Pai de santo é preso acusado de estuprar fiéis dizendo ser “limpeza espiritual”
Uma das vítimas teria sido abusada desde os 7 anos de idade
AGÊNCIA O GLOBO
26/05/2021 | 17:38

Um pai de santo foi preso em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, durante uma investigação sobre violência sexual nesta quarta-feira. As informações são do telejornal RJ 1 , da TV Globo .

Mario Luiz da Silva teria abusado sexualmente das suas vítimas por mais de dez anos sob pretexto de que estaria fazendo uma ” limpeza espiritual “. Ele foi preso na Estrada da Paciência e levado para uma delegacia de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com a Polícia Militar, pelo menos três pessoas já acordado o homem. Uma das vítimas ainda seria menor de idade e teria sido abusada desde os 7 anos de idade.

Pai é preso por estuprar filha desde os 6 anos no AM; mãe consentia

Na manhã desta terça-feira 25, um homem de identidade não revelada, de 37 anos, foi preso por estuprar a própria filha, que atualmente tem 11 anos, desde os 6, com o consentimento da mãe. A prisão aconteceu no bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, a criança havia passado um final de semana na cada dos avós paternos e, na hora de voltar para sua residência, ela não quis e pediu para ficar mais uns dias. Ao ficar, ela acabou desabafando com uma tia e relatou todo o abuso sexual que sofre ao longo dos 5 anos.

A criança revelou que era abusada desde os 6 anos de idade, além de revelar também que sua mãe sabia, inclusive chegou a presenciar um dos atos pedindo para que a filha esquecesse e não contasse para ninguém. O abuso seguiu por anos dentro da própria casa com o consentimento da mãe.

”Dando a gravidade desses fatos, assim que a criança revelou os detalhes na delegacia, de pronto representamos pela prisão preventiva dele considerando que as outras crianças também corriam perigo”, disse a delegada. A vítima é a irmã mais velha de 6 filhos

A delegada afirmou que a criança levou um relato de dor, sofrimento, medo e se referiu ao pai como ‘monstro’. Ela afirmou também que se sentiu muita sozinha na pandemia, que sua intenção era falar para sua professora, mas não foi possível pois não estava indo ao colégio, então aproveitou que estava na casa da tia e se sentiu segura para falar, mesmo sendo da família paterna.

Procedimento 

O homem está preso e passará pelo exame de corpo de delito. Após isso, será recolhido ao sistema penitenciário e ficará a disposição da justiça para responder ao crime de Estupro de Vulnerável. A mãe, ao ser interrogada e confirmado o fato, também será indiciada.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.