BUSCAR
BUSCAR
Acidente
Pai atropela filho ao sair da garagem de casa e por um triz não atinge a cabeça do bebê
Câmera registrou quando mãe aparece, desesperada, procurando o filho e o encontra debaixo do carro, logo após acidente. Menino de 1 ano e 5 meses teve ferimentos leves, segundo Samu
g1
29/12/2021 | 12:24

Um pai atropelou o filho de 1 ano e 5 meses ao sair da garagem de casa e, por um triz, não atingiu a cabeça do menino, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Um vídeo registrou quando a mãe aparece, desesperada, procurando o filho e o encontra debaixo do carro, logo após o acidente. Veja aqui.

Apesar de a câmera de segurança registrar o vídeo como sendo na terça-feira (28), o caso aconteceu na segunda-feira (27), por volta das 13h45, segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A imagem mostra que o motorista estava dando ré no carro para retirá-lo da garagem. Em seguida, a criança entra atrás do veículo sem que o motorista percebesse e acaba sendo atropelada.

No vídeo, é possível ver quando a mãe aparece à procura do filho e o encontra embaixo do carro. Logo em seguida, o condutor chega o veículo um pouco para a frente e a mulher consegue puxar a criança.

Resgate

A equipe do Samu levou o menino para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Águas Lindas de Goiás. A criança foi atendida e, conforme a corporação, já recebeu alta.

De acordo com Fernando Ferreira das Neves, coordenador-geral do Samu do Entorno Sul, o menino teve ferimentos leves no coro cabeludo e na orelha.

“Foi mais o susto. Ele teve uma lesão no coro cabeludo e uma pequena lesão na orelha. A criança foi levada para uma unidade de saúde e passa bem. Logo depois, recebeu alta”, disse.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.