BUSCAR
BUSCAR
Premiação
Oscar 2020 tem pior audiência televisiva da história nos EUA
Cerimônia, marcada pelas vitórias da sátira sul-coreana “Parasita”, foi criticada por especialistas como 'longa e aleatória'
Redação
12/02/2020 | 01:00

A audiência televisiva da premiação do Oscar de 2020 nos Estados Unidos caiu 20% em relação à de 2019, para uma média de 23,6 milhões de espectadores, de acordo com dados da Nielsen.

A cerimônia, marcada pelas vitórias da sátira sul-coreana “Parasita”, foi criticada por especialistas como “longa e aleatória”.

A transmissão pelo canal ABC, de propriedade da Walt Disney Co, teve a pior audiência televisiva de todos os tempos, pior que a mínima histórica anterior de 26,5 milhões, em 2018.

A premiação trouxe a grande noite para o filme “Parasita”, da Coreia do Sul. A produção fez história ao se tornar o primeiro filme de língua não-inglesa a vencer o prêmio de Melhor Filme, batendo favoritos de bilheteria como “Coringa”, “1917” e “Era uma vez… em Hollywood”.

“Parasita” ainda foi o primeiro filme sul-coreano a participar da cerimônia em mais de 90 anos. E levou para casa quatro dos seis prêmios aos quais havia sido indicado, mais do que qualquer outro título na disputa. Seu diretor, Bong Joon-ho, derrotou Martin Scorsese e Quentin Tarantino em Direção.

Os atores Joaquin Phoenix e Brad Pitt conquistaram os prêmios de melhor ator e Melhor Ator Coadjuvante, respectivamente. A premiação, que durou três horas e meia, foi realizada sem um apresentador pelo segundo ano consecutivo e foi criticada por momentos aleatórios, como a apresentação do rapper Eminem.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.