BUSCAR
BUSCAR
Covid-19
Opas: América Latina não deve relaxar enfrentamento à pandemia
Em videoconferência com outras autoridades para as Américas da Organização Mundial da Saúde (OMS), o diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis da Organização Pan-Americana da Saúde afirmou que a América Latina não saiu da primeira onda da pandemia
Reuters
22/10/2020 | 07:41

Os países latino-americanos não devem relaxar as medidas destinadas a conter a propagação do novo coronavírus até que as vacinas estejam disponíveis, disse nessa quarta-feira, 21, o diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Marcos Espinal.

Em videoconferência com outras autoridades para as Américas da Organização Mundial da Saúde (OMS), Espinal afirmou que a América Latina não saiu da primeira onda da pandemia e que manter as medidas de contenção é crucial para evitar mortes desnecessárias.

Na mesma conferência, a diretora-geral da Opas, Carissa Etienne, incentivou os países latino-americanos a participarem do projeto global de acesso a vacinas, conhecido como Covax.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.