BUSCAR
BUSCAR
Redinha
Obras do Complexo Turístico da Redinha atingem 50% de conclusão
Previsão é que a obra seja entregue a população no inicio de 2024; são mais de R$ 25 milhões em investimentos da Prefeitura de Natal e Governo Federal
Redação
23/11/2023 | 16:44

Nesta semana, as obras que compõem o Complexo Turístico da Redinha, na zona Norte, atingiram a marca de 50% de conclusão geral. A informação é da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra). O destaque é o trabalho de pavimentação asfáltica promovido no entorno do complexo e as obras no setor onde ficarão os boxes destinados ao artesanato e os restaurantes. A nova iluminação também avançou em serviços. Os investimentos da Prefeitura de Natal em parceria com o Governo Federal na região são de R$ 25 milhões e com previsão de entrega para o verão de 2024.

“Estamos criando um novo pólo de desenvolvimento da nossa cidade, modificando uma região promissora que nunca teve um olhar tão especial como o que estamos dando agora. Vamos potencializar o turismo local, atrair novos negócios, fortalecer os que aqui existem, valorizar a região, gerar emprego, renda e oportunidades”, disse o prefeito Álvaro Dias.

Em uma das principais vias destinadas ao complexo, a rua Maruim, os serviços foram executados na região do antigo acesso à Balsa da Redinha, contemplando cerca de 730 metros de novo asfalto, calçadas padronizadas, arborização, e moderna iluminação. “Somente nessa etapa de requalificação da rua Maruim, foram investidos mais de R$ 5 milhões. Também estamos com trabalho no espigão, além do serviço de iluminação da via que já foi concluído com a instalação dos novos postes e moderna fiação”, explicou o secretário Carlson Gomes, titular da Seinfra.

Com serviços avançados, no local que abrigava o antigo mercado público, a Prefeitura desenvolve o “coração do complexo”, a obra que dotará o espaço de 29 boxes, seis restaurantes, praça de alimentação, mirante, píer e deck para embarcações e varanda panorâmica, tudo organizado em dois andares. “Neste setor, que já passa dos 30% de conclusão, estão sendo investidos mais de R$ 10 milhões. Além deste espaço, o projeto contempla o Centro de Artesanato com quatro lojas e cinco quiosques internos. A histórica  Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes terá nova cerca e o quebra-mar (espigão) terá um mirante”, reforçou o secretário Carlson Gomes.

Potencializar o turismo 

Os demais lotes das obras do Complexo contemplam a requalificação do sistema de defesa costeira (com enrocamento aderente) da Praia da Redinha, do trecho do rio Potengi, a urbanização e drenagem do entorno do Mercado Público da Redinha; a reestruturação viária do antigo acesso à Redinha, com capeamento asfáltico e execução do passeio com acessibilidade do trecho da av. Doutor João Medeiros Filho a partir do viaduto da Redinha até o entroncamento com a rua Francisco Ivo, rua José Herôncio de Melo, a partir da rua Francisco Ivo até a rua Engenheiro Clóvis Aragão. Inclui ainda a rua Engenheiro Clóvis Aragão, a partir da rua José Herôncio de Melo até a av. João Medeiros Filho.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.