BUSCAR
BUSCAR
RN

Número de prisões no RN aumenta 32%, segundo balanço anual de combate ao crime organizado

No total, 158 prisões foram feitas, sendo 48 prisões em flagrante delito e 110 por força de mandado de prisão
Redação
11/01/2024 | 16:39

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte divulgou, nesta quinta-feira 11, por meio da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), um balanço das atividades policiais ao longo do ano de 2023. Os dados divulgados evidenciam o empenho e eficácia da Polícia Civil no enfrentamento ao crime organizado no RN. No total, 158 prisões foram feitas, sendo 48 prisões em flagrante delito e 110 por força de mandado de prisão, resultando em um aumento de aproximadamente 32% em relação ao ano de 2022, que contabilizou 120 prisões.

Em 2023, foram apreendidas 19 armas de fogo, 279 munições de diversos calibres e mais de 300 quilos de entorpecentes (cocaína, maconha e crack). De acordo com a Divisão, foi estimado um prejuízo de quase R$5 milhões para o Crime Organizado, através de apreensões de drogas, armas de fogo de grosso calibre, veículos, munições e explosivos. A Polícia Civil ainda ressalta que desde novembro de 2022 nenhuma ação com uso de explosivo contra instituições financeiras foi registrada.

prisoes Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) durante operação / Foto: divulgação
Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) durante operação - Foto: divulgação

Em todo o Rio Grande do Norte, a Polícia Civil, através da DEICOR, deflagrou 61 operações policiais contra o crime organizado. Em 2022, o número foi de 48 ações repressivas. “O ano de 2023 foi desafiador. O dado estatístico é reflexo do nosso trabalho árduo, seja em campo realizando diligências investigativas, seja internamente instruindo os inquéritos policiais. Durante o ano, atuamos de forma integrada com todos os Departamentos da PCRN, sobretudo dando apoio sempre que acionada por outras Delegacias de Polícia.”, disse o diretor da DEICOR, delegado Erick Gomes.

O balanço reflete a dedicação da Polícia Civil do RN em garantir a segurança da população e a efetividade no combate ao crime organizado. A instituição reafirma seu compromisso em manter a ordem e a paz no RN, além de continuar trabalhando incansavelmente para combater qualquer forma de criminalidade.

Seguro obrigatório voltará a ser pago em 2025
Nova taxa prevê pagamento de serviços médicos a vítimas de acidentes
17/05/2024 às 14:58
Analfabetismo cai, mas 11,4 milhões ainda não sabem ler e escrever no Brasil, diz IBGE
Em 13 anos, taxa teve uma redução de 2,6 pontos percentuais, caindo de 9,6% para 7%
17/05/2024 às 14:43
Após tratamento para erisipela, Bolsonaro tem alta de hospital
Ex-presidente estava internado no Hospital Vila Nova Star, São Paulo
17/05/2024 às 13:04
Caixa começa a pagar Bolsa Família de maio
Pagamento no Rio Grande do Sul é unificado
17/05/2024 às 12:08
Lula sanciona volta da cobrança do seguro Dpvat, mas veta multa por não pagamento
Presidente vetou os artigos que estabeleciam multa pela falta de pagamento do Seguro Obrigatório
17/05/2024 às 12:00
Judiciário repassa R$ 130 milhões para Defesa Civil gaúcha
Tribunal de Contas deverá fiscalizar aplicação dos recursos
16/05/2024 às 16:48
Android terá ‘modo ladrão’ que bloqueia tela do celular caso alguém o arranque de sua mão
Novidade poderá bloquear a tela do celular ao identificar que alguém arrancou o aparelho de sua mão abruptamente
16/05/2024 às 15:41
Primeiro lote de restituição do IR vai pagar mais de R$ 1 bilhão para contribuintes do RS
Segundo a Receita Federal, medida vai beneficiar cerca de 900 mil gaúchos
16/05/2024 às 14:00
Brasil vai desenvolver cultivo de alimentos no espaço
Tecnologias deverão ser desenvolvidas pela Embrapa
15/05/2024 às 15:48
Petrobras perde R$ 35,3 bilhões em apenas uma manhã
Ações da empresa operam forte em queda após saída de Jean Paul
15/05/2024 às 14:51
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.