BUSCAR
BUSCAR
Desaceleração
Número diário de contaminações pela Covid-19 no RN é o mais baixo desde 5 de junho
O mês de setembro segue em plena redução dos casos confirmados do novo coronavírus no Rio Grande do Norte
Redação
22/09/2020 | 05:31

O Rio Grande do Norte registrou nesta segunda-feira 21 apenas 33 novos casos de infecção pelo novo coronavírus nas últimas horas, segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN). O dado representa o menor número de casos identificados em único dia desde 5 de junho, quando foram notificadas 16 contaminações.

Apenas em setembro, de acordo com os dados oficiais, esta é a terceira vez que o registro diário fica abaixo dos 100 casos. A primeira vez ocorreu no dia 7 (68 casos); e a segunda, no dia 13 (63 casos). Entre os meses de julho e agosto, somente dois dias tiveram registros abaixo de 100: 25 de julho (38 casos) e 20 de agosto (53 casos).

O mês de setembro segue em plena redução dos casos confirmados da Covid-19 no Rio Grande do Norte. Até esta segunda-feira, por exemplo, o mês soma 5.226 contágios, o que representa uma redução de 31% em comparação com o mesmo período de agosto, que somou 7.634 casos.

Ao se comparar com o mês de julho, que representou o pico epidêmico da Covid-19 no território potiguar, a redução do número de infecções fica mais evidente. Entre os dias 1º e 21 de julho, segundo a Sesap, foram registrados 12.368 casos da doença. Os dados de setembro são 57% menores que há dois meses.

Desde que o primeiro caso de Covid-19 foi registrado no Rio Grande do Norte, em 12 de março, a doença já infectou 67.217 pessoas. Há, também, outros 31.719 casos suspeitos, que aguardam a análise clínica.

A desaceleração da doença também pode ser vista com o número de mortes registradas no Rio Grande do Norte. Os números dos últimos 21 dias são três vezes menores do que os registros no mesmo período de agosto. Até o momento, a Sesap contabiliza 87 mortes em decorrência da Covid-19, contra as 275 registradas entre os dias 1º e 21 de agosto.

Nesta segunda-feira, ainda segundo a Sesap, foi contabilizada apenas uma morte pela Covid-19. Com o resultado, o número total de potiguares mortos pela doença subiu para 2.352 desde o início da pandemia no Rio Grande do Norte. Há, ainda, 312 óbitos em investigação.

A redução nos casos confirmados da doença também se reflete nas internações relacionadas com as complicações do contágio pelo novo coronavírus. Até esta segunda-feira, o mês de setembro soma um total de 801 solicitações de internação para pacientes Covid-19, o que representa uma redução de 28,55% em relação ao mesmo período de agosto – com um total de 1.121 solicitações.

Hoje, a taxa de ocupação dos leitos Covid-19 é de 42%. São 249 pacientes internadas em leitos críticos e clínicos, confirmados ou suspeitos com a doença respiratória, em instalações públicas e privadas no estado. Nas Regiões de Saúde, a ocupação está distribuída da seguinte maneira: a Metropolitana está com 38%, Oeste com 50%, Alto Oeste com 90%, Seridó possui 44%, Trairi/Potengi tem 18% de ocupação e as regiões do Mato Grande e do Agreste potiguar não possuem pacientes internados em leitos de UTI.

Índice de transmissibilidade

O índice de transmissibilidade R(t) do novo coronavírus no Rio Grande do Norte é de 1,09, segundo os dados do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O número mostra que ainda há risco de descontrole nos contágios da Covid-19.

A taxa de transmissibilidade está acima de 1 nas regiões do Alto Oeste (1,06), Vale do Açu (1,07) e Agreste (1,15). No Seridó e Oeste, regiões nas quais era possível observar a taxa acima de 1 ao longo das últimas semanas, é registrada uma transmissibilidade de 0,94 e 0,95, respectivamente; no Mato Grande, o índice é de 0,83, na Região Metropolitana de 0,86, e no Trairi e Potengi é de 0,83.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.