BUSCAR
BUSCAR
Geral

Número de prisões pela Lei Seca no RN em 2023 já supera os anos de 2021 e 2022 juntos

Além das prisões, foram registradas 1.433 autuações administrativas por direção sob efeito de álcool
Ramylle Freitas
27/09/2023 | 15:03

Com a intensificação da atuação da Operação Lei Seca entre o período de janeiro ao dia 24 de setembro deste ano, foram presas 337 pessoas pelo crime de embriaguez ao volante. Essa quantidade, segundo o major César Fagundes, comandante da Lei Seca no Rio Grande do Norte, supera o número de pessoas presas por embriaguez ao volante em 2021 e 2022.

Em 2021, 56 pessoas foram presas em flagrante por embriaguez ao volante. Já em 2022, houveram 256 prisões. A prisão acontece quando o condutor realiza o teste do bafômetro e aponta valores superiores a 0.33 miligramas de álcool ou caso haja recusa em fazer o teste mesmo possuindo sinais de embriaguez.

Em 9 meses a operação Lei Seca contabilizou 337 prisões pelo crime de embriaguez ao volante. Foto: José Aldenir/Agora RN
Em 9 meses a operação Lei Seca contabilizou 337 prisões pelo crime de embriaguez ao volante. Foto: José Aldenir/Agora RN
Ampliação na quantidade de blitze em bairros e não somente nas vias principais auxiliou no aumento de números da Lei Seca no RN. Foto: José Aldenir/Agora RN
Ampliação na quantidade de blitze em bairros e não somente nas vias principais auxiliou no aumento de números da Lei Seca no RN. Foto: José Aldenir/Agora RN

De acordo com o major César, o aumento no número de operações e a análise mais criteriosa da situação do condutor, além da montagem das blitze dentro de bairros e não somente nas vias principais foram fatores que auxiliaram o Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) a aumentar os números da Lei Seca no Estado.

“Uma análise mais criteriosa diante dos sinais de alteração da capacidade psicomotora, configurando prisões mesmo diante da recusa em realizar o teste”, explicou César.

Além disso, o CPRE registrou nesses nove meses o total de 1.433 autuações administrativas de condutores flagrados dirigindo sob efeito de bebida alcoólica.

Governo Central tem superávit primário de R$ 11,1 bilhões em abril
Resultado fica abaixo da expectativa de especialistas
28/05/2024 às 14:46
IBGE: calamidade prejudica coleta de preços para cálculo da inflação
Instituto precisou imputar preços de hortaliças e verduras
28/05/2024 às 12:12
Renegociação do Desenrola Fies termina na próxima sexta-feira
Até o dia 15, haviam sido renegociados mais de R$ 12,92 bilhões
27/05/2024 às 16:07
Nível do Guaíba em Porto Alegre volta a ficar abaixo dos 4 metros
Defesa Civil municipal alerta para risco de mais chuvas
27/05/2024 às 15:23
Auxílio Reconstrução: famílias devem confirmar dados a partir de hoje
Até o momento, estão contemplados com o auxílio 369 municípios gaúchos
27/05/2024 às 13:27
Magda Chambriard toma posse como presidente da Petrobras
Ela assumiu logo após ser eleita pelo Conselho de Administração
24/05/2024 às 12:12
Moraes quer responsabilizar big techs por publicações em redes sociais
É preciso garantir regulamentação adequada no setor, diz ministro
22/05/2024 às 16:08
Demitido da Petrobras, Prates terá direito a 6 meses de salário extra
Demitido da Petrobras, Jean Paul Prates terá de cumprir seis meses de quarentena, com salário mensal de R$ 133 mil até novembro
21/05/2024 às 15:55
Faustão faz primeira aparição após transplante de rim
Apresentador participou da festa de aniversário do filho caçula
21/05/2024 às 14:23
Batata, banana, laranja e melancia estão mais baratas, segundo a Conab
Cenário é de preço menor também para a banana
20/05/2024 às 12:54
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.