BUSCAR
BUSCAR
Filme
Nos 125 anos do cinema, escolha o seu preferido filme de boxe
Quase todo grande ator viveu o personagem de um pugilista na telona. Em 1976, Sylvester Stallone viveu Rocky Balboa, um lutador de boxe medíocre que trabalha como "cobrador" de um agiota
Estadão
29/12/2020 | 19:40

O cinema completa 125 anos. O boxe é o esporte preferido da sétima arte. São inúmeras as opções. Quase todo grande ator viveu o personagem de um pugilista na telona. Faça sua escolha!

Abaixo alguns exemplos de grandes filmes de boxe:

1927 – O Ringue – Direção: Alfred Hitchcock – Ator: Carl Brisson

O lutador de boxe Jack ‘One Round’ Saunders (Carl Brisson) é casado com a bela Nelly. Ele é desafiado para uma luta pelo campeão australiano Bob Corby (Ian Hunter), que se apaixonou pela mulher do competidor. One Round perde a disputa e, um tempo depois, Nelly foge com Bob, deixando o marido desesperado. Jack começa um treinamento intenso, batalhando por uma chance de revanche nos ringues.

1942 – O Ídolo do Público – Direção: Raoul Walsh – Ator: Errol Flynn

Cinebiografia romanceada do campeão dos pesos pesados James J. Corbett, um dos raros bons filmes de boxe que defende o esporte e empolgam em vez de mostrar sua violência e as falcatruas que envolvem sua prática. Na São Francisco do final do século XIX, quando as lutas de boxe eram tão populares quanto ilegais, o ambicioso bancário James Corbett (Errol Flynn) dá um jeito de se projetar como pugilista e de ingressar no aristodrático Olympic Club. Alternando vitórias e aventuras boêmias, ele faz a corte à graciosa milionária Victoria Ware (Alexis Smith) e se prepara para enfrentar o campeão mundial John L. Sullivan (Ward Bond).

1947 – Corpo e Alma – Direção: Robert Rossen – Ator: John Garfield

No East Side de Nova York um jovem homem judeu, Charley Davis (John Garfield), ganha um campeonato amador de boxe. Logo depois ele se envolve com Peg Born (Lilli Palmer), que estuda arte e almeja ser pintora. Charley acaba despertando o interesse de um pequeno empresário de lutas, Quinn (William Conrad). A mãe de Charley, Anna Davis (Anne Revere), não quer ver o filho lutando, mas quando o pai dele é assassinado acidentalmente e a família começa a passar por dificuldades financeiras ele começa a lutar por dinheiro. Sua carreira tem uma rápida ascensão quando ganha uma luta atrás da outra, mas em pouco tempo um poderoso empresário do boxe, Roberts (Lloyd Gough), que tem um comportamento nada ético, planeja se aproveitar de Charley.

1949 – O Invencível – Direção: Mark Robson – Ator: Kirk Douglas

Midge Kelly (Kirk Douglas) viaja para o oeste com seu irmão coxo, Connie (Arthur Kennedy), e acaba sendo forçado a participar, mesmo despreparado, de uma luta de boxe profissional. Apesar de ser severamente espancado, o empresário Tommy Haley o considera promissor. Chegando na Califórnia, Midge e Connie encontram nada além do que um trabalho braçal, o qual Midge recebe alguns alívios seduzindo Emma (Ruth Roman), uma jovem garçonete. Midge cai sobre a única opção que ele conhece: o boxe.

1949 – Punhos de Campeão – Direção: Robert Wise – Ator: Robert Ryan

O lutador de boxe Bill Stoker (Robert Ryan) está chegando ao fim de sua carreira, pois sua esposa o pressiona para que se aposente. Uma grande luta está chegando e Stoker acredita que, se vencer, sua carreira mudará de rumo. Porém, o agente do boxeador vendeu a luta para um mafioso, sem que Bill saiba.

1956 – Marcado pela Sarjeta – Direção: Robert Wise – Ator: Paul Newmann

Thomas Rocco Barbella não é um boxeador. Ele é apenas um jovem assustado e desesperado que precisa de dinheiro. Assim, ele passa a frequentar o ginásio, dando a ele mesmo o nome de Rocky Graziano e se sujeitando a atuar como sparring por US$ 10. Ocorre que ele faz o campeão beijar a lona. O nome pega, assim como o impacto de sua inspiradora proeza. Assim nasce o mito Graziano, que surgiu da pobreza e da raiva rumo ao título de campeão.

1976 – Rocky – Direção: John G. Avildsen – Ator: Sylvester Stallone

Rocky Balboa, um lutador de boxe medíocre que trabalha como “cobrador” de um agiota, tem a chance de enfrentar Apollo Creed, o campeão mundial dos pesos-pesados, que teve a ideia de dar oportunidade a um desconhecido como um golpe publicitário. Mas Rocky decide treinar de modo intensivo, sonhando apenas em terminar a luta sem ter sido nocauteado pelo campeão.

1980 – Touro Indomável – Direção: Martin Scorsese – Ator: Robert De Niro

O pugilista peso-médio Jake LaMotta (Robert De Niro), chamado de “o touro do Bronx”, sobe na carreira com a mesma rapidez com que sua vida particular se degrada, graças ao seu temperamento violento e possessivo. Todos ao seu redor são afetados por seu comportamento auto-destrutivo, como seu irmão e empresário Joey LaMotta (Joe Pesci) e sua esposa Vickie (Cathy Moriarty).

1996 – Quando Éramos Reis – Direção: Leon Gast – Ator: Muhammad Ali (documentário)

Em 1974, Muhammad Ali tem 32 anos e o público acha que ele já passou do seu auge. George Foreman é dez anos mais novo e o campeão da categoria peso pesado do mundo. Por um cachê de 5 milhões para cada, eles concordam em lutar um contra o outro. Assim, o Rumble In The Jungle foi montado, com direito à apresentações musicais de James Brown e B.B. King.

2004 – Menina de Ouro – Direção: Clint Eastwood – Atriz: Hilary Swank

Frankie Dunn (Clint Eastwood) passou a vida nos ringues, tendo agenciado e treinado grandes boxeadores. Frankie costuma passar aos lutadores com quem trabalha a mesma lição que segue para sua vida: antes de tudo, se proteja. Magoado com o afastamento de sua filha, Frankie é uma pessoa fechada e que apenas se relaciona com Scrap (Morgan Freeman), seu único amigo, que cuida também de seu ginásio. Até que surge em sua vida Maggie Fitzgerald (Hilary Swank), uma jovem determinada que possui um dom ainda não lapidado para lutar boxe. Maggie quer que Frankie a treine, mas ele não aceita treinar mulheres e, além do mais, acredita que ela esteja velha demais para iniciar uma carreira no boxe. Apesar da negativa de Frankie, Maggie decide treinar diariamente no ginásio. Ela recebe o apoio de Scrap, que a encoraja a seguir adiante. Vencido pela determinação de Maggie, Frankie enfim aceita ser seu treinador.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.