BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
No RN, mortes por Covid-19 têm crescimento de 58,7% em dezembro
Após alta expressiva no número casos confirmados ao longo das últimas semanas, os oito primeiros dias de dezembro já contabilizam 46 mortes, contra 19 do mesmo período de novembro
Redação
09/12/2020 | 06:44

O número de mortes por Covid-19 voltou a crescer no Rio Grande do Norte. Os oito primeiros dias de dezembro registraram alta de 58,7% no número de óbitos em relação ao mesmo período de novembro. Foram 46 mortes até esta terça-feira 8, contra as 19 contabilizadas nos primeiros dias do mês passado.

Após o aumento expressivo no número casos confirmados da doença ao longo das últimas semanas, o que resultou no alarmante número de mais de 70% dos leitos de UTI ocupados, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), a elevação das mortes também voltou a assustar.

Nesta terça-feira 8, de acordo com a Sesap, foram registradas 12 mortes. Deste total, seis ocorreram nas últimas 24 horas. O restante decorre de exames laboratoriais de dias anteriores. Com o novo registro, o Rio Grande do Norte soma 2.753 mortes desde o início da pandemia.

Com relação aos casos confirmados, foram registrados 278 potiguares infectados pelo coronavírus, totalizando 98.553 desde o mês de março – data dos primeiros registros da doença entre a população norte-rio-grandense.

A elevação dos óbitos foi analisada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) esta semana. O estudo “Como a aceleração dos casos e óbitos, para além da tendência, explica a dinâmica da Covid-19 no Brasil?”, publicado nesta terça-feira 8, alerta para a alta nos óbitos entre os potiguares. Com dados analisados até outubro deste ano, os pesquisadores apontam para o aumento na aceleração das mortes no Rio Grande do Norte, além de Alagoas, Piauí, Sergipe e Espírito Santo.

“Faz-se necessária atenção ao comportamento das curvas nas próximas semanas, pois essas em ascensão podem indicar uma nova explosão de óbitos”, ponderam os pesquisadores.

“Diante da incerteza da iminência da segunda onda e do tempo de imunidade conferido pela infecção prévia, é necessário estar atento à curvas nas próximas semanas, para verificar se novamente a aceleração dos casos voltou a se comportar de forma semelhante ao início da pandemia”, recomenda a Fiocruz.

Números da pandemia no RN

2.753 mortos
98.553 casos confirmados
71,57% de ocupação de leitos de UTI

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.