BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Ney Lopes: Voto impresso e os riscos de agosto
Confira a coluna de Ney Lopes desta terça-feira 3
Ney Lopes
03/08/2021 | 08:19

Começa agosto, trazendo consigo os precedentes de crises e tragédias ocorridas no país. Um tema político preocupante e que poderá degringolar em choques entre os poderes e instituições é a proposta de adoção do voto impresso, em urnas eletrônicas.

Erros recíprocos
O debate perdeu o controle, de parte a parte e a radicalização se propagou. De um lado, o presidente da república insinua a não realização das eleições, se não houver a mudança. De outro, o presidente do TSE deixa a toga e vai à Câmara dos deputados barganhar votos contra a PEC, em tramitação. Ambas posições estão fora dos parâmetros do bom senso e da razoabilidade.

Tecnologia
A decisão final será do Congresso Nacional e terá de ser respeitada. Em maio, audiência pública na Câmara reuniu especialistas idôneos, inclusive o presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais.

Hipóteses
A conclusão dos técnicos foi não existir comprovação de nenhum tipo de fraude nas urnas eletrônicas. De outro lado, opinaram que todo sistema computacional tem suas vulnerabilidades, sendo preciso melhorá-lo para que seja cada vez mais seguro. O resumo da ópera é que o eleitor não prova a fraude e o TSE também não pode garante que não há fraude.

Entendimento
O Brasil não poderá ir para uma eleição em 2022, com a espada de Dâmocles sob a cabeça, indicando suspeitas de fraudes. Ainda há tempo de solução negociada, como a auditagem dos votos por amostragem, ou em certas localidades do país.

Saída
O tradicional peemedebista senador Roberto Requião anuncia saída do partido, após perder o controle da sigla no Paraná. Ele será candidato a governador tem como opções de filiação o PDT, PT e PSB.

Bonner
William Bonner, apresentador há anos do Jornal Nacional, estaria decidido deixar a emissora em abril de 2022. Tem planos de trabalhar e morar em Portugal.

Vacina
O governo do Reino Unido oferece descontos em comida e taxi para promover a vacinação entre os mais jovens. A faixa entre 18 e os 29 anos está mais relutante em se vacinar do que o resto da população adulta

Vinho
A venda de vinho no Brasil aumentou 18%. O país passou de 360 milhões para 430 milhões de litros entre 2019 e 2920.

Vendas no Natal
Otimismo no comércio com avanço da vacinação. A previsão é que as vendas do fim do ano tenham alta de 6% contra 2¨do ano passado. Muitos lojistas já fazem estoques para os dois últimos meses de 2021.

Portugal
O presidente de Portugal Marcelo Rebelo de Sousa cumpriu agenda sábado em SP, para participar na reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, ao lado . dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Michel Temer. O presidente Bolsonaro estava em SP, mas preferiu acompanhar uma motociata com apoiadores, em Presidente Prudente.

Lula
Comenta-se, que Bolsonaro rejeitou o encontro do presidente português com Lula.

Humilhação
Caso se consume, terá sido humilhação e deboche com o futebol do RN, a decisão do treinador Renato Gaúcho de não vir a Natal quinta próxima comandar o Flamengo contra o ABC, na Copa Brasil. Além disso, mandará time reserva.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.