BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Ney Lopes: A reforma eleitoral “faz de conta”
Confira a coluna de Ney Lopes desta terça-feira 21
Ney Lopes
21/09/2021 | 08:01

Alardeia-se que está para ser aprovado o novo Código Eleitoral, com quase 900 artigos. Um exame no texto sobre regras que realmente “democratizem” as eleições, revela que tudo não passa de “faz de conta”. Senão vejamos.

Partidos
O processo eleitoral começa com os partidos. Sem partido, não há candidato, nem eleição. Hoje, a lei orgânica dos partidos, concentra poderes totais nas mãos de quem dirige a sigla, a níveis nacional, ou local. Os militantes absolutamente nada influem.

Exemplo
Sabe-se, que o Fundo Eleitoral será superior a 6 bilhões. Não tem regras para a divisão desse dinheiro internamente nos partidos. Os “donos” e “proprietários privados” fazem o que querem.

Justiça
Não há como o militante prejudicado e excluído ir à justiça eleitoral. O partido goza de plena autonomia. A justiça entende que atos internos não podem ser revistos.

Decisões
As decisões, por exemplo de coligações, são tomadas pelos “donos” do partido. O militante não pode sequer pedir explicação. O acesso ao horário eleitoral é definido a “sete chaves” e os “preferidos” gozam de melhores dias e horários.

Renovação
Com essas regras legais é impossível renovação no país. Ou o candidato possui, como sua propriedade, um partido, ou enfrentará dificuldades, algumas insuperáveis.

Avulso
A solução seria o candidato avulso, sem partido, como existe nas maiores democracias do mundo. Mas, no Brasil diz que enfraquecerá os partidos. É o caso de indagar: enfraquecer o que já não existe?

Senador
O vereador de Natal Paulinho Freire foi convidado para candidatar-se ao senado. Preferiu não arriscar, até agora.

Novo Partido
Após a fusão, o DEM controlará 10 estados e o PSL 17. Luciano Bivar deverá mesmo ser mantido como presidente; ACM Neto, como secretário-geral.

PT
O partido elegeu 54 deputados federais na última eleição. Quer chegar perto de 90 parlamentares, caso Lula seja eleito.

Temer
Temer descarta ser candidato a presidente da República. Mas se mostra tendente a concorrer ao senado por SP. Ele está com 81 anos e comprova a frase de Delfim Netto: “em política não há fósforo queimado”.

5 G
A implantação da 5G será o maior negócio de todos os tempos no Brasil. Os bilhões de dólares se distribuirão por atividades econômicas paralelas, montadas em função da nova tecnologia. O TCU e várias ONGs estão montando sistemas de acompanhamento e fiscalização do leilão e seus desdobramentos.

Investimentos
Bill Gates distribui a sua fortuna por vários negócios: turismo (comprou a luxuosa cadeia de hotéis Four Seasons), o setor filantrópico de sua fundação, fundo verde que investiga energia renováveis, telecomunicações, setor farmacêutico para investigar remédio contra Covid, companhia ferroviária e aquisição de terrenos (é o maior proprietário de terras nos EEUU).

Blog
Leia o “blog do Ney Lopes: informação e opinião”.

Alemanha
As notícias falsas ganham impacto na campanha das eleições legislativas na Alemanha. Um estudo adianta que metade dos eleitores alemães já se deparou, pelo menos uma vez, com uma informação falsa. Milhares de eleitores votam pelo Correio.

Tailândia
Quem quiser transferir residência para a Tailândia terá isenção de impostos e vistos de 10 anos.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.