BUSCAR
BUSCAR
Histórico
Navio de guerra alemão é encontrado no fundo do mar 80 anos após naufrágio
A embarcação, que mede cerca de 175 metros de largura e ainda tem a suástica nazista, liderou um ataque à cidade do sul da Noruega Kristiansand
Redação
08/09/2020 | 17:43

Um navio de guerra alemão afundado por um torpedo durante a Segunda Guerra Mundial foi encontrado no fundo do mar perto da Noruega, mais de oito décadas após ser atacado. 

Statnett, a operadora estatal de redes elétricas norueguesa, fez a descoberta surpreendente do cruzador perdido Karlsruhe cerca de 488 metros abaixo do nível do mar.

A embarcação, que mede cerca de 175 metros de largura e ainda tem a suástica nazista, liderou um ataque à cidade do sul da Noruega Kristiansand na invasão do país em abril de 1940. 

Durante a operação, ela ficou sob a mira da artilharia norueguesa, recebeu um torpedo de um submarino britânico e, finalmente foi submerso pelos próprios alemães, de acordo com um comunicado da Statnett.

Quando a Segunda Guerra mundial começou, sete meses antes, em setembro de 1939, a Noruega se declarou neutra.

Hitler ordenou a invasão do país em 9 de abril de 1940, de qualquer modo, e as tropas alemãs rapidamente ocuparam Oslo, Bergen, Trondheim e Narvik.

Apoiado por forças dos aliados, o exército norueguês ofereceu resistência, mas os nazistas tomaram o controle, no fim, em junho de 1940 até a liberação, em abril de 1945. 

“Você pode encontrar o destino do Karlsruhe nos livros de história, mas ninguém sabia exatamente onde o navio naufragou”, disse Frode Kvalo, arqueólogo e pesquisador do Museu Marítimo Norueguês, em um comunicado sobre a descoberta publicado na internet pela Statnett.

“E mais, era o único grande navio de guerra alemão que foi perdido durante o ataque à Noruega em posição desconhecida. Depois de todos esses anos, nós finalmente sabemos onde é a sepultura dessa importante embarcação”, disse Kvalo.

“Com nove canhões em três torres triplas, esse era o maior e mais assustador nacio no grupo de ataque contra Kristiansand”. 

Sinais do naufrágio foram detectados há três anos durannte um trabalho de inspeção, quando um sonar detectou uma embarcação há 15 metros de um cabo de energia submerso entre a Noruega e a Dinamarca. 

Então, neste verão, o engenheiro de projetos sênior da empresa, Ole Petter Hobberstad, investigou mais de uma embarcação chamada Olympic Taurus. Ele e sua equipe usaram ecobatímetros de feixes múltiplos e um veículo operado remotamente para examinar a cena. 

“Quando os resultados da análise do veículo nos mostraram um navio que foi bombardeado, percebemos que era da guerra. Quando os canhões se tornaram visíveis na tela, entendemos que era um navio de guerra gigante. Ficamos muito animados e surpresos que o naufrágio era tão grande”, disse Hobberstad. 

Outros estudos conduzidos nos destroços revelaram mais sobre o destino da embarcação, de acordo com a Statnett.

Em um livro publicado no mesmo ano da invasão nazista, o contra-almirante alemão Otto Schenk escreveu sobre uma neblina densa na época. Ele descreveu como o navio foi atacado ao entrar em um fiorde perto de Kristiansand, antes de ser atingido por um torpedo britânico. Então, a embarcação foi afundada sob ordem do capitão alemão.

“Encontrar um naufrágio de guerra tão especial é raro e especialmente divertido para nós, que trabalhamos com investigações submarinas”, disse Hobberstad. 

*Com informações da CNN Brasil

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.