BUSCAR
BUSCAR
Saúde

Natal já tem 5.186 casos de arboviroses notificados até maio

Números de arboviroses tem tido aumentos consideráveis comparado ao ano anterior; SMS mostra ações de combate realizadas na cidade
Redação
14/05/2024 | 07:49

A cidade de Natal tem registrado um aumento significativo casos de dengue, chikungunya e zika em comparação a 2023. O mais recente Boletim Epidemiológico, publicado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no início de maio, mostra que, se os anos de 2023 e 2024 forem comparados, pelo mesmo período, é possível observar um aumento de 169,3% nos registros de casos prováveis. Em 2023, foram 1.672 casos prováveis. Já em 2024, até o momento, foram 4.503 casos prováveis e 5.186 notificações.
Destes 4.503 casos notificados este ano, 90,5% correspondem a dengue, ou seja, 4.077 notificações. Logo em seguida, está chikungunya com 6% ou 271 casos prováveis e zika com 3,4%, correspondendo a 155 notificações. Em relação ao número de mortes, o boletim não tem números registrados e confirmados no Sistema de Agravos de Notificação (Sinan).

Apesar do número crescente em comparação ao ano anterior, tem acontecido uma diminuição de casos nos últimos meses. Em março foram registrados 2.116 casos prováveis, já em abril o número de casos prováveis diminuiu para 1.286.

vacinação antirrábica humana
Vacinação contra a dengue foi reiniciada nesta segunda-feira, para jovens de 10 a 14 anos de idade em Natal - Foto: Reprodução

Em contato com o AGORA RN, a SMS explicou que vem investindo no fortalecimento das Unidades Básicas de Saúde (UBS) como porta de entrada para pacientes com arboviroses. Em paralelo, vem realizando ações de educação por toda a cidade incentivando o combate ao mosquito Aedes aegypti.
Desta maneira, a porta de entrada para os pacientes com sintomas de arboviroses, como febre alta, dor no corpo e nas articulações e manchas vermelhas pelo corpo, deve ser a UBS mais próxima da residência do usuário, onde o profissional de saúde fará o atendimento e direcionamentos necessários.

Para combater os focos de arboviroses, a equipe da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) realiza tratamento focal de arboviroses na cidade, com visitas acontecendo nas residências nos cinco distritos sanitários do município, em 2024 já foram mais de 90.722 imóveis visitados.

A pasta também reforçou que está realizando ciclos de bloqueios químicos com as unidades de Ultra Baixo Volume (UBV) portátil e pesado (fumacê) em bairros com casos prováveis ou confirmados de arboviroses. Além de atividades de coleta de pneus, que em 2024 já somam mais de 63.979 pneus retirados das ruas de Natal, ação em parceria com a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (URBANA) e a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMSUR).

Vacinação. ‌Uma das medidas tomadas pela SMS é o incentivo à vacinação. Nesta segunda 13, foi reiniciada a imunização no município para crianças entre 10 e 14 anos. Em Natal, cerca de 36 mil crianças e adolescentes estão aptas a receberem o imunizante. Foram recebidos 2.510 doses do novo lote da vacina Qdenga (TAK-003), desenvolvida pelo laboratório japonês Takeda Pharma.

“Estamos reiniciando a vacinação contra a dengue no município, então convidamos pais e responsáveis a procurarem nossas unidades para imunizar os seus filhos, pois a dengue é uma doença séria que pode levar inclusive à morte se não descoberta e tratada a tempo”, disse Rayanne Araújo, secretária adjunta de Atenção Integral à Saúde (SAD/AIS), reforçando que a população deve continuar também com os cuidados contra a doença, verificando locais que possam servir de criadouros para os mosquitos em suas residências.

O esquema de vacinação do imunizante Qdenga consiste em duas doses, com um intervalo de três meses entre elas. A imunização está disponível para indivíduos com idade entre 10 e 14 anos, 11 meses e 29 dias. Para receber a vacina, os interessados devem dirigir-se a uma das Unidades Básicas de Saúde mais próximas de suas residências, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 15h. É necessário apresentar documento de identificação, cartão de vacinação e comprovante de residência em Natal em nome dos pais da criança.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Conscientização sobre a Lúpus é tema de audiência pública na Câmara de Natal
Plenário da Casa recebeu pessoas diagnosticadas com a doença e agentes de saúde
22/05/2024 às 12:01
Pacientes de Natal estão há quatro meses sem receber insulina: “Descaso”
Secretaria Municipal de Saúde informou ao AGORA RN que abriu um processo emergencial para aquisição da insulina
22/05/2024 às 08:20
Saúde anuncia abertura de novos leitos na Grande Natal
Sesap convocou mais 81 profissionais para atuarem nos 48 novos leitos que serão abertos nos hospitais Deoclécio Marques de Lucena, em Parnamirim, e Geral João Machado, em Natal
22/05/2024 às 08:16
Mossoró receberá mais de 230 profissionais para hospitais da região
Medida amplia capacidade do Hospital da Mulher, que passará a funcionar 24h, e dá continuidade à obra no Tarcísio Maia
21/05/2024 às 12:54
Brasil ultrapassa 5 milhões de casos prováveis de dengue
Minas Gerais lidera com o maior número de registros
21/05/2024 às 11:37
Sesap convoca mais 81 para complementar abertura de leitos em Natal e Parnamirim
Técnicos de enfermagem, farmácia e biodiagnóstico vão atuar nos hospitais Deoclécio Marques e João Machado
21/05/2024 às 09:34
Neurologistas citam qual é o principal hábito para melhorar a memória
Com base em estudos, os neurologistas Meredith Broderick e Cris W. Winter explicaram os benefícios de um hábito para a memória
20/05/2024 às 21:19
Transplantes de córneas no RN aumentam 74%
Comparativo com 2023 também registrou aumento de 23% para os transplantes de medula óssea
20/05/2024 às 09:35
Doações de leite humano beneficiam mais de 8 mil recém-nascidos no Rio Grande do Norte
Entre janeiro e dezembro de 2023, o Brasil registrou a doação de 253 mil litros de leite humano, beneficiando mais de 225 mil recém-nascidos
19/05/2024 às 08:45
Sábado de Vacinação em Parnamirim foi um Sucesso
Durante todo o dia, diversas equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Sesad) atenderam a população com imunização contra a Influenza, sem esquecer dos pets, que também foram contemplados com a vacina contra a raiva
19/05/2024 às 07:42
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.