BUSCAR
BUSCAR
Zoonoses
Natal inicia novo ciclo de desratização na orla
Objetivo dessa ação é controlar a população de ratos das praias, de forma a evitar a proliferação de doenças como a leptospirose e a hantavirose
Redação
20/07/2021 | 10:18

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Saúde, realiza um novo ciclo de desratização na orla da capital. Nos dias 20, 21 e 22 de julho as equipes do Centro de Controle de Zoonoses vão aplicar o raticida e distribuir armadilhas tipo isca numa ação que se estende de Ponta Negra à praia da Redinha. O procedimento conta com nova iscagem após 15 dias e o ciclo é feito de acordo com o índice de infestação de roedores, geralmente a cada quatro meses ou mais.

O objetivo dessa ação é controlar a população de ratos das praias, de forma a evitar a proliferação de doenças como a leptospirose e a hantavirose. Além disso também é realizado manejo correto do lixo na região e orientações de educação ambiental entre a população e quiosqueiros da região.

Alguns imóveis localizados em áreas estratégicas, nos bairros de Ponta Negra, Capim Macio, Santos Reis, Praia do Meio, Mãe Luiza, Areia Preta e Redinha também vão receber a visita de agentes para verificar a área que compreende ao terreno das casas.

“É muito importante fazer um chamamento entre a população, no sentido de promover educação e saúde em torno dessa orla também, para que dessa forma a gente consiga ter êxito nesse procedimento. Não é apenas um processo que a gente resolve somente com a aplicação de remédios específicos para os roedores, mas também é importante que a população colabore para que não promova a procriação e permanência desses animais”, disse Vaneska Gadelha, chefe do CCZ Natal.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.