BUSCAR
BUSCAR
Coronavírus no RN
Município potiguar investiga desaparecimento de uma dose da CoronaVac
A apuração do caso será realizada pela Comissão Processante de Sindicância e Processo Disciplinar
Redação
28/01/2021 | 14:10

O prefeito de Serra Negra do Norte, Sérgio Fernandes de Medeiros (PSDB-RN), instaurou uma Sindicância Administrativa para apurar o suposto desaparecimento de uma dose da vacina CoronaVac, no Centro de Saúde Sueli Lucena de Araújo, em janeiro de 2021. 

A Secretaria de Saúde de Serra Negra do Norte recebeu, inicialmente, 60 doses da referida vacina. Após imunizar 46 profissionais da saúde, restavam apenas 13 doses, ao invés de 14, que seria o número correto.

A apuração do caso será realizada pela Comissão Processante de Sindicância e Processo Disciplinar. A portaria foi publicada na quarta-feira 27.

O município do Seridó potiguar determinou que o prazo para conclusão da sindicância não excederá 60 dias, podendo ser prorrogado por igual período.

A portaria enfatiza que a situação “tratar-se de fato grave e importante, pois essa dose pode ajudar a salvar vidas, além do seu desaparecimento aparente poder acarretar eventuais consequências administrativas e judiciais”.

Dados atualizados às 14h04 desta quinta-feira 28 mostram que 75 pessoas foram imunizadas no município. A causa do desaparecimento da dose da CoronaVac, entretanto, não foi esclarecida até a publicação desta matéria.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.