BUSCAR
BUSCAR
Pandemia
Mundo tem mais de 10 mil mortes pelo novo coronavírus em 24 horas
Sem contar as possíveis correções ou modificações por parte das autoridades sanitárias, esta é a primeira vez, desde o início da pandemia, que se atinge a cifra simbólica de 10 mil mortes em 24 horas
Redação
12/11/2020 | 21:04

Mais de 10.000 afetados pelo novo coronavírus morreram nas últimas 24 horas no mundo, em meio à segunda onda da pandemia na Europa e nos Estados Unidos, segundo contagem da AFP desta quinta-feira 12 às 11h00 GMT (8h de Brasília).

Sem contar as possíveis correções ou modificações por parte das autoridades sanitárias, esta é a primeira vez, desde o início da pandemia, que se atinge a cifra simbólica de 10.000 mortes em 24 horas.

Cerca de metade (4.961) dessas mortes (10.010) foram registradas na Europa, 1.868 na América Latina e Caribe e 1.330 nos Estados Unidos, país que registrou o maior número de mortes em 24 horas.

Nos últimos sete dias, 18 países, dos quais 11 europeus, registaram uma média de mais de 100 mortes por dia. Os Estados Unidos registraram 1.038 óbitos por dia em média; a Índia, 566 e a França, 552.

A Europa é a região que registrou mais mortes nas últimas semanas. Nos últimos sete dias, os 52 países da região viram o número de óbitos aumentar 25% em relação à semana anterior.

Entre os países que registraram mais de 700 mortes em uma semana, a Itália é o que apresenta a tendência mais preocupante: 3.189 mortes em sete dias, em comparação a 1.859 mortes na semana anterior, ou seja, um aumento de 72%.

A Itália é seguida por Alemanha (955, + 52%), Polônia (2.330, + 43%), França (3.861, + 34%) e Bélgica (1.435, + 32%).

*As informações são do Correio Braziliense

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.