BUSCAR
BUSCAR
Superou
Mulher atravessa o mundo em viagem de 9,5 mil km para remover memória com ex de ponto turístico
Casal dos EUA prendeu cadeado no topo de torre em Seul, capital da Coreia do Sul, em 2019. Alicate botou fim ao símbolo amoroso
R7
21/05/2021 | 17:41

Uma mulher deixou Los Angeles, nos EUA, com destino a Seul, capital da Coreia do Sul, onde fez questão de remover um cadeado, que ela e o ex-namorado haviam pendurado em um ponto turístico há dois anos. Parte do trajeto de 9,5 mil km foi compartilhado por Kassie Yeung no TikTok.

“Cortar, cortar, hora de cortar”, escreveu a jovem em uma das legendas sobre o vídeo.

@kassieyeungSnip snip😈 #seoul #seoultravel #seoul_korea #seoultower #lovelock #breakup #petty #korea #breakuptiktok #pettytiktok #heartbreak

♬ Monkeys Spinning Monkeys – Kevin MacLeod

No registro, Kassie mostra o caminho feito até à Torre Namsan, na qual diversos amantes eternizam relacionamentos com pequenos ferrolhos coloridos presos a uma cerca.

Em entrevista ao site de notícias Insider, a moça deixou claro que não cruzou o planeta apenas para remover o cadeado. No entanto, aproveitou um compromisso na região para romper com a antiga memória.

“É relevante no sentido de que todo mundo passa por relacionamentos, rompimentos e, possivelmente, laços feitos com ex-amantes”, justificou Kassie, que afirma ter demorado cerca de 30 minutos para identificar a lembrança indesejada.

A atitude da jovem recebeu diversas mensagens de apoio dos seguidores. Alguns, inclusive, também lacraram cadeados em outras atrações turística, antes de términos terem sido concretizados.

“Isso é maravilhoso”, elogiou uma internauta, “deixei um em Paris, preciso cortá-lo também.”

“Isso simplesmente é um comportamento de rainha”, exaltou outra.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.