BUSCAR
BUSCAR
Crime
Mulher morre após ser esfaqueada em shopping: “amor não correspondido”, dizem amigos da vítima
Caso aconteceu na praça de alimentação de um shopping em Niterói, no Rio de Janeiro
O Dia
02/06/2021 | 20:21

Uma mulher, identificada como Vitórya Melissa Mota, de 22 anos, morreu na tarde desta quarta-feira após ser esfaqueada por um homem, identificado como Matheus dos Santos da Silva, na praça de alimentação do Plaza Shopping, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. De acordo com as primeiras informações, a vítima chegou a ser socorrida ao Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal).

O DIA entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), que informou que a mulher já chegou à unidade de saúde sem vida.Vitórya havia completado 22 anos no último dia 30. Segundo o delegado da 76ª DP (Niterói) Luiz Henrique Marques, que acompanha o caso, o criminoso seria um colega da vítima. Ambos teriam se conhecido em um curso técnico de enfermagem.

Ainda de acordo com Luiz, Matheus teria comprado a faca em uma loja do shopping minutos antes de cometer o crime. Além disso, os dois tinham o costume de se encontrar no estabelecimento no final das aulas. De acordo com relatos de amigos de Vitórya, o assassino “nutria um amor não correspondido” pela vítima.

Depois do crime, o assassino foi detido por seguranças do estabelecimento e encaminhado a 76ª DP (Niterói), onde responderá pelo crime de feminicídio. Ainda não há informações sobre o local e data do enterro de Vitórya.

Em nota, o Plaza Niterói informou que repudia qualquer ato de violência e que segue à disposição das autoridades para colaborar com as investigações caso seja necessário.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.