BUSCAR
BUSCAR
Justiça
MPF denuncia ex-advogado do clã Bolsonaro e outros quatro por lavagem de dinheiro
Segundo os procuradores, o grupo teria desviado ao menos R$ 4,6 milhões das estruturas do Sesc, Senac e da Fecomércio no Rio
Redação
25/09/2020 | 17:36

O Ministério Público Federal apresentou denúncia contra Frederick Wassef, o ex-advogado do clã Bolsonaro, e outras quatro pessoas.

Todos são acusados de peculato (desvio de recurso público) e lavagem de dinheiro. Segundo os procuradores, o grupo teria desviado ao menos R$ 4,6 milhões das estruturas do Sesc, Senac e da Fecomércio no Rio.

A denúncia, feita pela força-tarefa da Lava Jato no Rio, é mais um desdobramento da operação E$quema S, que apura um amplo esquema de desvio de dinheiro a partir da delação do ex-presidente da Fecomércio-RJ, Orlando Diniz.

Estão na mira dessa investigação a destinação de mais de R$ 300 milhões a escritórios de advocacia.

Diniz também está entre os denunciados pelo MPF nesta sexta 25. No primeiro grande ato da operação, algumas das principais bancas de advocacia do país foram envolvidas – do advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin, a Wassef, que foi por anos próximo aos Bolsonaro.

Além de Wassef e Diniz, os procuradores denunciaram as advogadas Luiza Eluf, Márcia Carina Zampiron e o empresário Marcelo Cazzo.

*Com informações da CNN Brasil

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.