BUSCAR
BUSCAR
Abuso de poder
MP investiga ex-governadora por se promover em cima de atos da Prefeitura de Mossoró
Nas peças publicadas na internet, segundo o promotor, Rosalba usou em seu favor a publicidade de atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos
Redação
28/08/2020 | 09:21

O Ministério Público Eleitoral no Rio Grande do Norte decidiu abrir uma investigação contra a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (Progressistas), por veiculação de propaganda irregular às vésperas da eleição.

O objetivo do processo é apurar se a prefeita desrespeitou a legislação ao se promover em atos da prefeitura e ao autorizar publicidade institucional nos três meses antes da votação, o que é proibido.

A investigação foi aberta pelo promotor Romero Marinho na semana passada. Sem citar datas ou publicações específicas, ele afirmou que a Prefeitura de Mossoró intensificou a divulgação de ações nas redes sociais da própria prefeitura e de Rosalba.

Nas peças publicadas na internet, segundo o promotor, Rosalba usou em seu favor a publicidade de atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos. A prática pode configurar abuso de poder porque desequilibra em favor dela o processo eleitoral.

Quanto à publicidade institucional, o promotor alerta que, nos três meses antes da votação, as prefeituras são proibidas de autorizar e veicular publicidade institucional, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública. Também fica de fora, especificamente neste ano, a divulgação de ações relacionadas ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Como primeiro ato da investigação, o promotor determinou que sejam reunidos prints de publicações nas redes sociais da prefeitura e de Rosalba, além da comunicação ao Ministério Público Estadual e Federal.

No último dia 15 de agosto, exatamente três meses antes da eleição, a Prefeitura de Mossoró publicou em suas redes sociais uma mensagem em que informa que os perfis não seriam mais atualizados até a eleição, em cumprimento à legislação.

“Nossas postagens deverão apenas estar relacionadas à Covid-19 ou, em casos especiais, assuntos de interesse coletivo previamente submetidos e autorizados pela Justiça”, escreveu a prefeitura, em nota.

As redes sociais de Rosalba, contudo, seguem sendo atualizadas. E, em publicações anteriores, é possível ver posts ligando a imagem da prefeita a realizações do Município. Em uma delas, uma mensagem aponta que “foi Rosa que fez” a Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Rafael.

Ver essa foto no Instagram

Como médica, prefeita e cidadã, levo pra vida o orgulho que tenho de uma conquista do nosso trabalho em Mossoró: a inauguração da primeira UPA do Brasil, em 30 de julho de 2002! 🙏 A UPA do Alto de São Manoel foi um modelo idealizado pela nossa gestão e que deu muito certo. Logo depois da inauguração, alguns técnicos do Ministério da Saúde vieram conhecer o projeto e decidiram utiliza-lo como referência para ser implantando em todo o país. O importante é que esse modelo tem sido essencial na saúde do município. Vamos continuar trabalhando para melhorar ainda mais o atendimento aos mossoroenses, principalmente, nesse momento tão difícil de pandemia. Agora é seguir em frente! O trabalho não para! #Saúde #CuidarDasPessoas

Uma publicação compartilhada por Rosalba Ciarlini (@rosalbaciarlini) em

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.