BUSCAR
BUSCAR
Absurdo
Motorista de aplicativo deixa passageira na rodoviária e volta para furtar casa dela
Homem levou mulher na rodoviária e resolveu voltar para furtar casa vazia; botijão de gás e até chapinha de cabelo estavam em posse do preso
Metrópoles
11/08/2021 | 09:39

Um motorista de aplicativo, de 26 anos, foi preso na terça-feira 10 suspeito de tentar furtar a casa de uma passageira após deixá-la na rodoviária da capital goiana. Ele deixou a cliente no terminal e resolveu se aproveitar do fato de que a moradia estava vazia para praticar um furto.

Segundo informações da Polícia Militar de Goiás (PM-GO), o homem foi preso em flagrante no momento em que entrou na residência, localizada no setor Industrial Santo Antônio, em Aparecida, na região metropolitana da capital.

A mulher, que visitaria os pais dela na cidade de Montes Claros, no interior do estado, foi informada por um vizinho de que um homem teria pulado o muro da casa. Ela já estava dentro do ônibus, mas teve que descer às pressas e voltar para casa. Os mesmos vizinhos acionaram a PM, que conseguiu prender o suspeito ainda dentro da residência.

Com o homem foram apreendidos diversos objetos da vítima, alguns deles já estavam no porta-malas do carro do motorista, um Fiat Uno. Dentre os objetos estavam botijão de gás, impressora, liquidificador, notebook e até uma chapinha de cabelos.

Segundo a PM, para não levantar suspeitas da ação criminosa, o motorista arrombou o cadeado do portão da vítima e entrou com o carro na garagem da casa. Ainda durante o furto, o homem destruiu uma das janelas da residência.

Ao ser abordado, o suspeito disse que a casa era da mãe dele, porém, depois confessou o crime. O jovem foi levado para a Central de Flagrantes de Aparecida. Caso condenado, ele pode responder por furto qualificado.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.