BUSCAR
BUSCAR
Luto
Morre William Shakespeare, primeiro homem vacinado contra Covid-19
A foto do britânico recebendo o imunizante Pfizer, em dezembro do ano passado, representou uma grande vitória científica e emocionou o mundo
Metrópoles
25/05/2021 | 13:44

William Shakespeare, o primeiro homem a receber uma vacina contra a Covid-19 aprovada no mundo ocidental, morreu aos 81 anos, na última quinta-feira 20, após um longo período de internação.

Homenagens foram feitas ao aposentado da cidade britânica de Coventry, que apareceu no noticiário mundial em 8 de dezembro de 2020 ao receber o imunizante no Hospital Universitário de Coventry e Warwickshire.

As imagens de William tomando a vacina contra a Covid-19 marcaram o início da imunização no Reino Unido, primeiro país ocidental a colocar em marcha uma campanha massiva de vacinação, e injetaram esperança no mundo inteiro.

Shakespeare foi a segunda pessoa a receber a vacina. Momentos antes, a aposentada Margaret Keenan, 91, havia recebido a dela.

À época, muito se brincou com o fato de ele se chamar William Shakespeare e ser de Warwickshire, sendo homônimo e conterrâneo do famoso dramaturgo inglês.

Bill, como era conhecido, faleceu no mesmo hospital onde recebeu vacina. A causa da morte não foi divulgada mas, antes mesmo de receber o imunizante, ele já tinha a saúde debilitada e era interno da enfermaria de fragilidade do centro clínico.

William Shakespeare deixa sua esposa Joy e dois filhos, um deles também chamado William.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.