BUSCAR
BUSCAR
Declaração
Moro dispara contra Bolsonaro: “Comemorou quando Lula foi solto”
Resposta se deu depois de Moro ser questionado sobre uma suposta traição que o ex-juiz da Lava Jato teria feito a Bolsonaro
Terra
02/12/2021 | 18:08

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou nesta quinta-feira, 2, que o presidente Jair Bolsonaro comemorou a soltura do ex-presidente Lula em 2019 por entender que a libertação do petista beneficiaria o atual presidente. A declaração foi dada ao programa ‘Jornal da Manhã Paraná’, da ‘Jovem Pan’ de Curitiba.

A resposta se deu depois de Moro ser questionado sobre uma suposta traição que o ex-juiz da Lava Jato teria feito a Bolsonaro. O recém-filiado ao Podemos, então, relembrou do episódio no qual o Supremo Tribunal Federal (STF) revogou a previsão de execução da penal em segunda instância.

“Eu trabalhei junto ao Congresso por uma emenda e por um projeto de Lei para restabelecer a execução [da prisão] em segunda instância. O presidente [Bolsonaro] não fez nada e, na verdade, o que a gente sabia é que o Planalto, o presidente, comemorou quando o Lula foi solto lá em 2019. Porque ele entendia que aquilo beneficiava ele eleitoralmente. Então ele não trabalhou para manter a execução [de prisão] em segunda instância”, disparou o ex-juiz ao Terra.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.