BUSCAR
BUSCAR
Transporte
Moradores da Zona Leste fazem abaixo-assinado e pressionam STTU por volta de linhas de ônibus
Principal reivindicação é o retorno da linha 48, que ligava Brasília Teimosa, nas Rocas, ao bairro do Alecrim via Nova Descoberta - e que foi desativada em 2020
Redação
27/01/2021 | 11:02

Moradores de bairros da Zona Leste de Natal estão formalizando um abaixo-assinado para pressionar a Prefeitura do Natal pelo retorno de linhas de ônibus que deixaram de circular em setembro do ano passado. Os usuários de transporte coletivo reclamam da falta de opções de linhas e da lotação nos ônibus que ainda seguem rodando.

A ação é coordenada pelo vereador Eribaldo Medeiros (PSB). O parlamentar tem coletado assinaturas nos bairros das Rocas e Santos Reis e pretende apresentar o documento à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) em breve.

“O povo precisa de transporte. Estamos lutando para encontrar uma solução. A participação nesse movimento é essencial para que possamos vencer essa pauta”, destaca o vereador.

A principal reivindicação dos moradores é o retorno da linha 48, que ligava Brasília Teimosa, nas Rocas, ao bairro do Alecrim via Nova Descoberta. Essa linha foi desativada pela STTU em setembro de 2020 dentro de uma reestruturação do transporte coletivo por causa da redução da demanda durante a pandemia da Covid-19.

Uma nova linha foi colocada no lugar, mas com itinerário diferente, diminuindo a oferta para Brasília Teimosa. O terminal da comunidade ficou sem funcionar.

Frota segue reduzida e mudanças em linhas continuam valendo

As mudanças nas linhas de ônibus feitas em setembro pela STTU continuam valendo. Uma decisão da Justiça de novembro do ano passado chegou a determinar o retorno das linhas desativadas, mas as empresas de ônibus conseguiram manter o novo desenho em um recurso.

Nessa mesma ação, as empresas de ônibus também obtiveram decisão favorável para continuar operando com a frota reduzida.

Atualmente, de acordo com o monitoramento diário feito pela STTU, 68,41% da frota está rodando em Natal. O quantitativo está próximo do que foi acordado com a Defensoria Pública: 70%.

As empresas de ônibus e a STTU alegam que não há necessidade de restabelecer 100% da frota na capital potiguar porque a demanda segue baixa, em função das medidas restritivas adotadas durante a pandemia de Covid-19. Segundo a STTU, atualmente a demanda está em 43% da frota disponibilizada. Esse percentual, porém, contabiliza a ocupação nos ônibus em todos os horários. No começo da manhã e à noite, ônibus circulam lotados.

Para a próxima terça-feira 2, está previsto o retorno das aulas presenciais nas escolas da rede pública – o que deve aumentar a demanda por transporte.

A STTU ainda não se pronunciou sobre possível aumento da frota a partir da próxima semana.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.