BUSCAR
BUSCAR
Modernização
Ministro inaugurará central de monitoramento em Natal
Anderson Torres, da Justiça, estará em Natal no próximo dia 11, para inaugurar a nova central de monitoramento do sistema prisional potiguar
Douglas Lopes
06/11/2021 | 08:45

O secretário da Administração Penitenciaria do RN, Pedro Florêncio, revelou que o Ministro da Justiça, Anderson Torres, estará em Natal no próximo dia 11, para inaugurar a nova central de monitoramento do sistema prisional potiguar. Considerada a mais moderna do país, a nova central de monitoramento ocupará o antigo prédio do Centro de Detenção Provisória de Pirangi, na Avenida Ayrton Senna, desativado desde 2017. A central estará conectada ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública – CIOSP, e abrigará a Central de Rádio e Monitoramento e a Central de Monitoramento Eletrônico.

A CRV é a unidade da Polícia Penal que monitora as imagens de circuito interno dos 17 estabelecimentos penais do RN, além de ser responsável pela comunicação via rádio entre operadores em viaturas e unidades prisionais. Com a modernização do sistema prisional, a SEAP terá quase 1.800 câmeras, a maioria deles inteligentes, com recursos avançados de detectores de movimento, imagens em infravermelho (noturna), reconhecimento fácil, reconhecimento de placa, contagem de presos, demarcação de perímetros e controle de acesso. Já a CEME monitora a execução da pena dos 2.600 detentos do regime semiaberto, além de garantir o cumprimento das decisões judiciais, no que se refere às medidas cautelares diversas ou de privação de liberdade virtualmente monitoradas, por meio de tornozeleiras eletrônicas.

O projeto e acompanhamento da obra é de responsabilidade do Setor de Engenharia da Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP), criado na atual gestão, e de grande importância para manter o sistema eficaz.

Nesta quarta-feira 3, A Secretaria da Administração Penitenciária, através da Escola Penitenciária (ESPEN) e Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN) realizaram, além de outras atividades, um curso de capacitação de operadores de body scan (scanner corporal através de raios-x), direcionados para policiais lotados nas unidades com maior demanda de visitantes. 30 policias penais participaram do Treinamento em Anatomia Radiológica e Operação do Spectrum Bodyscan, com 8 horas-aula, ministrado pelo instrutor Peter Kuhn. Os policiais foram capacitados para operar o body scan, aparelho que permite a detecção de objetos proibidos na entrada das visitas.

O equipamento é capaz de localizar objetos sob as vestes e no interior do corpo, evitando abordagens invasivas e vexatórias, como a revista íntima; um procedimento que era necessário, mas que causava demora na fila de acesso aos presídios e constrangimento tanto para a visita, quanto para o policial penal. O secretário Pedro Florêncio ainda comentou sobre as melhorias feitas em sua gestão: “Fizemos um raio x do sistema prisional para conhecer e entender as demandas.

E assim, trabalhamos muito na capacitação e valorização dos servidores. Hoje, todos os servidores tem a sua arma individual e moderna; hoje, todos andam com fuzis de última geração. Hoje, todos andam com colete a prova de balas, com viaturas novas. O sistema prisional está aparelhado e modernizado. Tiramos um atraso de 20 anos no sistema prisional desse estado.” Ainda assim, Florêncio afirma que mais coisas ainda podem ser feitas: “Citei coisas que nunca foram feitas. Iniciamos tudo do zero, mas São vantagens muito pequenas. Ainda é muito pouco.”

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.