BUSCAR
BUSCAR
Ministério Público aluga prédio por R$ 2,5 milhões em Candelária

08/05/2012 | 12:51

O Ministério Público Estadual alugou um prédio na rua Militão Chaves para o funcionamento das promotorias da Fazenda Pública e Cidadania e do Centro de Aperfeiçoamento Funcional da Instituição. O contrato é de R$ 2,58 milhões, mas a publicação no Diário Oficial do último sábado não contém a quantidade de meses de duração. Segundo a Assessoria de Imprensa do órgão, o valor mensal é de cerca R$ 40 mil, o que significa, pelo valor total do contrato, uma duração de cerca de cinco anos. A contratação foi feita por dispensa de licitação.

De acordo com informações do MPE, a contratação por dispensa é baseada no artigo 24 da lei de licitações. A escolha recaiu sobre o número 2079 da rua Militão Chaves pela proximidade com a sede da Procuradoria Geral de Justiça, ambas em Candelária, e pela dificuldade de se encontrar um prédio amplo para abrigar as promotorias e, principalmente, o Ceaf, que é o responsável pelos cursos de qualificação para os servidores do Ministério Público Estadual.

A empresa  Flores Empreendimentos Agropecuários, localizada no Baixo Açu, a etapa dois do perímetro irrigado do município de Assu, é a responsável pelo prédio. Entre os acionistas da empresa, está o ex-diretor da Emiter, ex-chefe do Gabinete Civil e candidato ao Senado como suplente da ex-governadora Wilma de Faria, Luiz Cláudio Chopp. A reportagem tentou contato com a empresa, mas não houve retorno.

Tribuna do Norte

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.