BUSCAR
BUSCAR
Futebol
Messi sai do banco, faz dois, Barcelona goleia o Bétis e desencanta no Espanhol
Depois de compromisso pela Liga dos Campeões, no meio de semana, diante do Dínamo de Kiev, o astro Messi ganhou um descanso do técnico que durou só 45 minutos. Ficou no banco de reservas depois de mais de um ano
Estadão
07/11/2020 | 17:12

Lionel Messi não estava nos planos de Ronald Koeman para enfrentar o Bétis. Iniciou no banco, mas com a dificuldade imposta pelo adversário na primeira etapa, teve de entrar e contribuir para o Barcelona reencontrar o caminho das vitórias no Campeonato Espanhol. Com dois gols de seu astro, goleada por 5 a 2 e fim do jejum de triunfos na competição.

Depois de compromisso pela Liga dos Campeões, no meio de semana, diante do Dínamo de Kiev, o astro Messi ganhou um descanso do técnico que durou só 45 minutos. Ficou no banco de reservas depois de mais de um ano. Na última vez, em setembro de 2019, o Barcelona perdeu do Granada por 2 a 0. Desta vez, ao ver o time apenas empatando com o Bétis, o holandês resolveu lançar o argentino no intervalo para desencantar no Espanhol. Ele entrou no lugar de Ansu Fati.

Sem vencer há quatro rodadas no campeonato, o Barcelona não podia desperdiçar pontos no Camp Nou. E criou muitas oportunidades na primeira etapa. Numa pancada de Dembélé, o time saiu na frente. Um belo gol do jogador, que cortou para dentro e chutou com força.

Em vantagem, o Barcelona seguiu atacando. E também levando sustos nos contragolpes. Cobrando mais chances de atuar pelo time, Griezmann poderia ter ampliado aos 33. Mas o goleiro Claudio Bravo defendeu o pênalti cobrado pelo atacante francês.

Não ampliou e viu o castigo vir antes do intervalo. Sanabria recebeu cruzamento e chutou para igualar o placar em 1 a 1. Koeman não quis dar bobeira e já chamou Messi, o carrasco do Bétis. Em 23 jogos contra o Bétis, o argentino havia anotado 22 gols. Agora são 24 em 24.

Messi nem bem entrou e já teve participação decisiva. Ele fez o corta-luz e viu Griezmann se redimir do pênalti perdido. O francês, logo aos 3 minutos, recolocou os catalães na frente.

Aos 12, Dembélé chutou para ampliar, mas Mandi deu uma de goleiro. Tirou com a mão e acabou expulso. Messi assumiu a cobrança e não desperdiçou. Mesmo com um a menos, o Bétis voltou a assustar. Loren diminuiu aos 28. Pressão?

Com Messi em campo, a situação é mais fácil. Ele recebeu o passe de calcanhar de Sergi e na cara do goleiro, não falhou: 4 a 2 e alívio garantido. No minuto final o jovem Pedri, de somente 17 anos, ainda teve tempo para definir a goleada. O Barcelona subiu para os 11 pontos, na oitava colocação.

Antes do jogo foi prestado um minuto de silêncio no Camp Nou em memória do holandês Tonny Bruins Slot. O ex-assistente de Cruyff no Barcelona morreu no dia 1º de novembro, aos 73 anos.

No outro jogo deste sábado pela manhã, Huesca e Eibar ficaram no 1 a 1.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.