BUSCAR
BUSCAR
Messi e Cristiano Ronaldo podem ficar fora da Copa do Rússia

11/10/2017 | 05:50

As Eliminatórias para a Copa da Rússia estão chegando ao fim e os dois melhores jogadores do mundo podem ficar de fora. A Argentina de Messi precisa de uma vitória e uma combinação de resultados para conseguir a vaga direta, ou terão que disputar a repescagem. Se perder, o craque do Barcelona não disputará a competição. Vale lembrar que ele foi eleito o melhor jogador do último torneio, em 2014, no Brasil, e levou sua equipe à final, perdida na prorrogação para Alemanha. Já Portugal, do atual melhor do mundo Cristiano Ronaldo, tem um caminho um pouco mais fácil. Basta vencer a Suíça em casa, nesta terça. Mas caso perca ou empate, terá que enfrentar a repescagem europeia. E, assim como nas eliminatórias para a última copa, pode ter dificuldades, como contra a Suécia, equipe forte e liderada por Ibrahimovic. Nas edições passadas algumas seleções com craques não conseguiram a classificação. Como exemplo, o Uruguai de Francescoli e o País de Gales de Gareth Bale. Melhor do mundo em 1997, George Weah, da Libéria, nunca disputou um mundial por seu país.

>> De volta. Após alcançar o décimo primeiro jogo consecutivo sem conseguir vencer na Série B do Brasileirão, o elenco do ABC retomou os treinamentos na manhã da última segunda-feira, 9, e iniciou os preparativos para a partida contra o Boa Esporte, válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A partida está marcada para o sábado, 14, às 16h30, na Arena das Dunas. A atividade foi realizada no CTFIS-ABC José Prudêncio Sobrinho, e comandados pelos preparadores físicos, os jogadores fizeram um treino para prevenção de lesões musculares, exercícios funcionais, um trabalho de força geral e complementou a movimentação com exercícios coordenativos. O Alvinegro é atualmente o lanterna da Série B, com apenas 18 pontos conquistados no torneio.

>> Homologação. O dirigente Eduardo Rocha registrou de maneira oficial, na última sexta-feira, 6, a chapa “Unidos pelo América”, que disputará as eleições alvirrubras nesta terça-feira, 10. Até o momento, a chapa registrada por Rocha é a única e ele deverá ser aclamado presidente ainda nesta terça. Seu vice-presidente registrado oficialmente é o também ex-diretor de futebol Eliel Tavares. Como mandatário, Eduardo terá a dura missão de recolocar o América na Série C do Brasileirão, de onde o clube foi rebaixado ainda no ano passado e fracassou na tentativa de retornar em 2017. Sorte ao futuro novo-presidente Alvirrubro, porque competência ele. E muita!

>> Handebol. O Rio Grande do Norte vai sediar a sexta etapa do XII Campeonato Brasileiro de Handebol de Areia. O local da competição será na Arena Céu das Artes, em Ceará-Mirim, no período de 11 a 12 de novembro. A competição promovida pela Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) reunirá as maiores forças do beach handball nacional e campeões mundiais da modalidade. A etapa também contará com a participação das equipes potiguares. Na categoria feminina, o RN vai estar representado pelo GLOBO/HFT, HCNN, ABC REAL e MHC, enquanto no masculina, os representantes serão os times do HCC, HCNN, MHC e Nacional. As informações são do jornalista Fábio Pacheco.

>> Recorde. Os Jogos da Maturidade em Caraúbas, realizados na última sexta-feira, 6, no Complexo de Lazer Olho D’Agua, atraíram um grande público. O projeto do Governo do Estado em parceria com as prefeituras do interior reuniu 320 idosos das cidades de Caraúbas, Campo Grande, Governador Dix Sept Rosado e Olho D’Água do Borges. Foi o recorde de participação da história do evento, que teve o município de Governador Dix-Sept Rosado como campeão, Caraúbas em segundo lugar, Campo Grande em terceiro e Olho D’água do Borges em quarto. Criado pelo Governo do Estado com o objetivo estimular a participação das pessoas da terceira idade em atividades esportivas e recreativas, os Jogos da Maturidade já passaram por diversos municípios, entre eles Natal, São Gonçalo do Amarante e Brejinho.

>> Fórmula 1. O piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o Grande Prêmio do Japão, que ocorreu neste domingo, dando um grande passo rumo ao seu quarto título na Fórmula 1. Ele cruzou a linha de chegada 1,2 segundo antes de Max Verstappen, da Red Bull, que havia vencido o GP anterior, na Malásia. Foi a oitava vitória do inglês na temporada e a terceira vez em que ele conquistou o lugar mais alto do pódio em Suzuka. Daniel Ricciardo, também da Red Bull, ficou em terceiro. O brasileiro Felipe Massa, da Williams, ficou na décima colocação. Com a vitória, Hamilton está 59 pontos acima do rival Sebastian Vettel, da Ferrari, com apenas quatro corridas para o fim da temporada. O alemão teve que abandonar a prova na terceira volta, após problemas na vela do carro.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.