BUSCAR
BUSCAR
Atenção
Mensagem falsa tenta enganar usuário sobre alterações na política do WhatsApp; Entenda
O texto diz que ao distribuir a mensagem falsa para outros dez contatos, não será autorizada ao WhatsApp e a suas empresas associadas a permissão para usar informações do usuário
Estadão
01/02/2021 | 12:03

Uma mensagem falsa que circula no WhatsApp tenta enganar os usuários sobre a mudança de política de dados do aplicativo, que passarão a valer em 15 de maio. A mensagem falsa leva o usuário a acreditar que a mudança é evitada após o compartilhamento de um texto para outros 10 contatos. O conteúdo foi detectado pela empresa de segurança digital ESET nesta segunda-feira, 1.º.

O texto diz que, se o usuário distribuir a mensagem falsa para outros dez contatos, não será autorizada ao WhatsApp e a suas empresas associadas, como Facebook e Instagram, a permissão para “usar minhas imagens, informações, mensagens, fotos, mensagens apagadas e arquivos”. Ao realizar o compartilhamento com outros usuários, um alerta será emitido dizendo que o telefone está protegido, diz a mensagem falsa.

De acordo com a ESET, trata-se de um ‘hoax’, mensagem de conteúdo falso distribuída pela internet a partir do interesse súbito por um assunto e que ganha força por, geralmente, ser enviada por um contato confiável. “Esse tipo de hoax tem finalidades diferentes”, comenta em nota Camilo Gutiérrez Amaya, chefe do Laboratório de Pesquisa da ESET na América Latina. “Ele pode ser usado ​​para gerar incerteza entre os destinatários, principalmente quando não existem todas as informações sobre o que implicam as mudanças nas políticas de uso do aplicativo”.

A partir de 15 de maio deste ano, o WhatsApp implementará a sua nova política de privacidade, que oficializa o compartilhamento de dados entre o mensageiro e o Facebook, empresa dona do aplicativo e também do Instagram. Inicialmente, a mudança entraria em vigor em 8 de fevereiro, mas a má repercussão fez com que a empresa adiasse para maio. Originalmente, o WhatsApp assustou usuários ao dizer que as contas seriam congeladas casos os novos termos não fossem aceitos.

“Compartilhar ou encaminhar esse tipo de mensagem é uma ação praticamente inútil e obviamente não impedirá a aplicação das políticas do WhatsApp, assim que elas entrarem em vigor”, afirma Amaya, da ESET.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.